Jogos Escolares Paradesportivos de SC reunirão mais de 400 participantes

Parajesc são destinados a estudantes com idades entre 12 a 17 anos, com deficiências física, auditiva, intelectual e visual.

Por Oeste Mais

04/07/2018 11:02 - Atualizado em 04/07/2018 11:02



A 9ª edição dos Jogos Escolares Paradesportivos de Santa Catarina (Parajesc) reunirão neste final de semana 408 participantes de 197 escolas, entre atletas e dirigentes, em Florianópolis. A competição vai acontecer entre sexta-feira e domingo, 6 a 8 de julho.

 

Estarão em disputa as modalidades de atletismo, basquete de cadeira de rodas, bocha paralímpica, natação, goalball, judô, voleibol sentado, tênis de mesa, tênis de cadeira de rodas e futebol sete.

Tênis de mesa está entre as modalidades dos Jogos Escolares Paradesportivos de SC (Foto: Heron Queiroz/Fesporte)

A maioria das modalidades será disputada nas dependências esportivas da UFSC. As exceções serão o tênis de mesa, no Ginásio Capitão Waldir Schmdt, e a natação, que terá como palco a piscina da Elase. Os Parajesc são destinados a estudantes com idades entre 12 a 17 anos, com deficiências física, auditiva, intelectual e visual.

 

O cronograma prevê para esta quarta-feira, dia 4, a chegada das delegações. Nesta quinta-feira, dia 5, deve ocorrer a classificação funcional, que define o grau de deficiência de cada participante. E entre os dias 6 e 8 serão realizadas as competições.

 

A etapa estadual dos Parajesc é uma promoção do governo de Santa Catarina, por meio da Fesporte, em parceria com a Prefeitura de Florianópolis e Secretaria de Estado da Educação.

 

As escolas campeãs das modalidades farão parte da seleção catarinense que participará da etapa nacional da competição, as Paralimpíadas Escolares, previstas entre os dias 20 e 25 de novembro em São Paulo. Nesta competição, em 2017, Santa Catarina foi vice-campeão brasileiro, atrás somente de São Paulo.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.