Início da Chape no Brasileirão é o pior dentro da Arena Condá desde o acesso à Séria A

Equipe venceu apenas uma partida em casa desde o começo da competição

Por Oeste Mais

18/07/2019 12:25 - Atualizado em 18/07/2019 13:34



O aproveitamento da Chapecoense jogando diante da torcida não é nada animador. O clube tem o pior início de Campeonato Brasileiro na Arena Condá desde quando subiu para a elite do futebol nacional, em 2014.

 

Em seis jogos disputados em Chapecó, apenas uma vitória, na estreia, contra o Internacional. Depois foram dois empates (contra Athletico e Fluminense) e três derrotas (para Palmeiras, Fortaleza e Atlético-MG).

 

A equipe está na zona de rebaixamento. “As probabilidades [de permanecer na primeira divisão] estão diminuindo na medida que estamos perdendo em casa, que é onde devemos ganhar”, disse o presidente do clube, Plinio David De Nes Filho (Maninho), após a partida do último domingo, dia 14, quando a Chape perdeu por 2 a 1 para o Atlético-MG.

Chape acumula uma vitória, dois empates e três derrotas em casa (Foto: Chapecoense)

“Nossas probabilidades de vitória ou empate são fora de casa. Em casa estamos tendo derrotas e mais derrotas. Temos que trabalhar, que isso se interrompa para termos sucesso”, desejou o dirigente.

 

No ano passado, boa parte dos pontos somados e que garantiram o time na elite foram dentro de casa, com dez vitórias, cinco empates e quatro derrotas — aproveitamento de 61,40%. Na atual edição do Brasileiro, o número caiu para 27,77%, informou o Globo Esporte.

 

“Confesso que estou extremamente cansado de situações que são diariamente trazidas à mesa da Chapecoense em razão de uma ou outra. Quando o resultado não vem, acumula mais ainda. Neste momento tem que ter serenidade, se não vai acabar errando”, acrescentou Maninho.

 

O próximo compromisso da Chapecoense no Campeonato Brasileiro é fora de casa. A equipe vai encarar o São Paulo na segunda-feira, dia 22, no Morumbi. Em casa, o próximo jogo será no dia 28 de julho, contra o Bahia.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.