“Foi a primeira vez que me emocionei antes de um jogo”, diz técnico da Chape

Claudinei Oliveira destacou carinho e apoio da torcida na vitória que livrou a equipe do rebaixamento

Por Oeste Mais

03/12/2018 08:53 - Atualizado em 03/12/2018 08:53



Foram 19.992 torcedores empurrando a Chapecoense diante do São Paulo no jogo decisivo deste domingo, dia 2, na Arena Condá. A partida que valia a permanência da equipe verde e branco na Série A do Campeonato Brasileiro terminou com vitória por 1 a 0 sobre os paulistas, garantindo a continuidade da Chape na elite do campeonato nacional em 2019.

Claudinei Oliveira abraça jogadores após vitória diante do São Paulo (Foto: Sirli Freitas/Chapecoense)

O duelo teve um sabor diferente para o técnico Claudinei Oliveira. Em entrevista coletiva após o jogo, ele disse ter se emocionado ao pisar no gramado e ver a torcida lotando as arquibancadas. “Foi a primeira vez que me emocionei antes de um jogo. Trabalho com futebol desde a base, mas foi a primeira vez. Quando sentei no banco antes de começar o jogo, me emocionei”.

 

O técnico também citou a última semana vivida pelo clube, com a passagem da data de dois anos da tragédia aérea na Colômbia. “Não tem como falar que não é diferente, teve essa semana especial pelos dois anos do acidente, todo o envolvimento da cidade. Todos [os torcedores] entenderam e vieram com esse objetivo [de apoiar o time]”, completou.

 

O treinador ainda adiantou que pretende continuar no comando da equipe em 2019, mas que agora o momento é de comemorar a permanência na elite do futebol nacional e descansar. “Que a gente possa seguir em 2019 e continuar esse trabalho. É o meu desejo, mas temos que esperar e acertar as coisas”, finalizou Claudinei.

 

Os jogadores da Chapecoense já estão de férias a partir desta semana. A reapresentação deverá ocorrer no começo de janeiro, com o início da preparação para o Campeonato Catarinense. A estreia será no dia 17 de janeiro, diante do Marcílio Dias, na Arena Condá.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.