Concórdia leva gol nos acréscimos e perde título da Série B do Catarinense

Almirante Barroso marcou aos 51 minutos da etapa final e venceu a partida por 2 a 1

26/08/2019 09:24 - Atualizado em 26/08/2019 10:34



Concórdia levou gol aos 50 minutos do segundo tempo (Foto: Ricardo Artifon/Concórdia)

O Almirante Barroso calou quase dois mil torcedores no Domingos Machado de Lima para ficar com o título da Série B do Catarinense. Neste domingo, dia 25, o time de Itajaí fez o gol da vitória sobre o Concórdia aos 51 minutos do segundo tempo e garantiu a vitória, por 2 a 1, no jogo de volta pela decisão.

 

Após o empate por 1 a 1 na ida, o Concórdia entrou em campo com a vantagem de jogar por mais uma igualdade para ficar com a taça, uma vez que fez a melhor campanha na primeira fase da Segunda Divisão, superando o Barroso justamente no critério de desempate. Mas nos acréscimos o time de Itajaí fez o gol do título.

 

Em desvantagem, o Barroso abriu o placar aos 21 minutos do primeiro tempo. O zagueiro Igor Brondani aproveitou a cobrança de falta de Marllon para o meio da área e cabeceou firme para vencer o goleiro Victor Brasil.

Almirante Barroso comemora o título sobre o Concórdia (Foto: Divulgação/FCF)

Ciente de que o empate bastava para ficar com a taça, o Concórdia foi para o abafa na etapa final e chegou ao objetivo. Aos 28 minutos, o Galo do Oeste conseguiu o empate através de pênalti. Tiago bateu alto e não deu chances para o goleiro Hudson Júnior.

 

No último lance, porém, Igor Brondani aproveitou o bate e rebate dentro da área para colocar a bola na rede aos 51 minutos do segundo tempo para calar os torcedores do time da casa.

 

Campeão e vice, Concórdia e Almirante Barroso estarão na elite do Campeonato Catarinense em 2020. Eles irão ocupar as vagas de Metropolitano e Hercílio Luz, rebaixados nesta temporada.

Do Globo Esporte


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.