Chapecoense perde de 3 a 0 do Nacional, mas segue viva na Libertadores

Equipe ainda tem mais dois confrontos para buscar a classificação no torneio continental

Por Oeste Mais

27/04/2017 21h43 - Atualizado em 17/04/2020 14h39



Nacional dominou a Chapecoense na partida disputada no Uruguai (Pablo Porciuncula/AFP)

Não era a noite da Chapecoense. No quarto jogo pela fase de grupos da Taça Libertadores da América, a equipe viajou ao Uruguai para enfrentar o Nacional na noite desta quinta-feira, dia 27. Um gol no primeiro tempo e outros dois sofridos no segundo tempo. Além dos 3 a 0 no placar, a equipe perdeu dois jogadores expulsos. Rossi e Luiz Otávio são desfalques para a próxima rodada.

 

Com o resultado, a Chape ocupa a terceira colocação no Grupo 7, com 4 pontos (veja abaixo). O time se beneficiou com o empate de 1 a 1 entre Zulia e Lanús, mantendo-se vivo para ainda buscar a classificação. O Verdão do Oeste só voltará a campo na Libertadores no dia 17 de maio, fora de casa, diante do Lanús na Argentina. Depois, no dia 23, jogará a última partida em casa, enfrentando o Zulia na Arena Condá.



Os gols do Nacional foram de Kevin Ramírez, aos 16 minutos do primeiro tempo; Aguirre, aos 4 do segundo tempo; e Viúdez, aos 35.

 

“Não deu certo. Tomamos gol muito cedo. Voltamos para o segundo tempo com a equipe adiantada, mas tomamos outro gol e tivemos o Luiz Otávio expulso. O que me chamou atenção foram as duas expulsões. Árbitro tendencioso. Aguirre caiu fora de campo, entrou, caiu. Já tinha amarelo. Árbitro falou com ele e não deu cartão. Temos que melhorar a performance nos dois últimos jogos e vencer os dois jogos”, afirmou o técnico Vagner Mancini.

 

Antes de voltar a pensar na disputa da Libertadores, a Chapecoense tem uma decisão pela frente. A equipe fará no domingo, dia 30, a final do Catarinense. O jogo será em Florianópolis, diante do Avaí, às 16 horas, o primeiro dos dois confrontos entre as duas equipes, que voltarão a se enfrentar no domingo seguinte, desta vez em Chapecó, com a entrega do troféu de campeão Catarinense a quem for melhor na soma dos dois jogos.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.