Seleção Brasileira vai jogar clássico e encarar dois asiáticos em amistosos em junho

Jogos com Coreia do Sul, Japão e Argentina foram anunciados nesta quarta-feira pela CBF

Por Redação Oeste Mais

04/05/2022 21h55 - Atualizado em 04/05/2022 22h03



Brasil vai disputar três amistosos em junho (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

A CBF definiu adversários e datas dos jogos preparatórios da seleção brasileira para a Copa do Mundo do Catar, com abertura em 21 de novembro. Serão três partidas em junho, todas no exterior.

 

► Receba as notícias do Oeste Mais no Telegram

 

No dia 2 o Brasil vai encarar a Coreia do Sul, na capital Seul. Quatro dias depois vai enfrentar o Japão, em Tóquio. Depois a equipe jogará contra a Argentina, no dia 11 de junho, em Melbourne (Austrália).

 

O clássico sul-americano não será válido pelo jogo adiado das Eliminatórias Sul-Americanas. O duelo suspenso no ano passado, após ser paralisado por agentes da Anvisa, em meio à pandemia de covid-19, foi remarcado para setembro.

 

+ Veja quem são os adversários do Brasil na primeira fase da Copa do Mundo de 2022

+ Veja os horários dos jogos da Copa do Mundo do Catar

 

O Brasil reencontrará a seleção da Coreia do Sul quase três anos após derrota-la, por 3 a 0, em Abu Dhabi (Emirados Árabes Unidos).  As duas equipes duelarão no dia 2 de junho, às 8 horas, no horário de Brasília, no Seul World Cup Stadium, capital sul-coreana.

 

No dia 6 de junho, brasileiros e japoneses se enfrentam no Estádio Nacional de Tóquio, às 7h20.  Sob comando de Tite, em 2017, a seleção ganhou do Japão por 3 a 1, em partida realizada em Lille (França).

 

O último compromisso do Brasil será o duelo contra a Argentina, às 6h45, no Estádio de Melbourne, que já foi palco do clássico sul-americano em 2017, que reuniu mais de 95 mil pessoas. A derrota por 1 a 0 para os hermanos foi a primeira de Tite no comando da seleção.

Da Agência Brasil


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.