Chapecoense suspende a venda de ingressos na partida contra o Grêmio

Entrada apenas permitida para sócios torcedores da Chape

Por Redação Oeste Mais

19/11/2021 13h56 - Atualizado em 19/11/2021 14h12



A Chapecoense informou, através de uma nota divulgada nesta sexta-feira, dia 19, que estará suspendendo a venda de ingressos para a partida contra o Grêmio, que acontecerá neste sábado, dia 20, na Arena Condá, em Chapecó.

 

A decisão se deve por conta da liminar publicada anteriormente pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), onde proíbe a torcida do tricolor nos estádios, tanto na casa da equipe gaúcha quanto nas demais praças esportivas do país.

 

No entanto, manifestações em grupos e redes sociais, bem como informações levantadas pelo setor de inteligência da Polícia Militar, têm dado conta de mobilizações de torcedores da agremiação adversária que compareceriam à partida “à paisana”.

 

Diante disso, em conjunto com a Comissão de Segurança, o clube optou por suspender a venda de ingressos, priorizando, assim, presença apenas dos sócios e garantindo a segurança de todos. 

 

Torcedores que já adquiriram ingressos serão devidamente reembolsados e devem solicitar o ressarcimento do valor no e-mail ingressos@chapecoense.com até o dia 26 de novembro.

Torcedores do Grêmio invadiram o gramado da Arena e fizeram estragos (Foto: Pedro H. Tesch)

Entenda a situação 

 

A decisão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) vale até o julgamento do caso sobre a invasão dos torcedores do Grêmio ao gramado da Arena, no último domingo, dia 14, após a derrota para o Palmeiras, ainda sem data marcada. 

 

Ao final da partida, um grupo de torcedores do Grêmio invadiu o gramado, depredou a cabine do VAR e outros equipamentos de transmissão e por pouco não entrou no túnel de acesso aos vestiários, onde estavam os jogadores. Há ainda registros de agressões a seguranças do estádio, fotógrafos e outros profissionais de imprensa,

 

Após os incidentes, o procurador-geral do STJD, Ronaldo Piacente, denunciou o Grêmio no com base no artigo 213 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que trata de invasão de campo, e também no artigo 211, por "deixar de manter o estádio com estrutura necessária para garantir segurança".

 

As penas previstas são multa de até R$ 100 mil e perda de até dez mandos de campo.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.