Rebeca Andrade ganha primeiro ouro da ginástica artística feminina para o Brasil

Campeã no salto, brasileira se torna a primeira do país com duas medalhas numa mesma edição das Olimpíadas

Por Oeste Mais

01/08/2021 08h54 - Atualizado em 01/08/2021 09h01



Rebeca Andrade comemora conquista de medalha histórica (Foto: Miriam Jeske/COB)

A ginasta Rebeca Andrade conquistou a primeira medalha de ouro da história da ginástica artística do Brasil na prova de salto nas Olimpíadas de Tóquio. Ela conseguiu 15.083 pontos no início da manhã deste domingo, dia 1º.

 

Rebeca também se tornou a primeira mulher brasileira a conquistar duas medalhas numa mesma edição olímpica. Ela já havia conquistado a prata no individual geral. A ginasta ainda tem chance de aumentar a coleção na final do solo, que será disputada nesta segunda-feira, dia 2.

 

“Eu dedico a conquista da medalha de ouro a todo mundo, mas, em especial, ao meu treinador, Francisco Porath. A gente trabalhou muito e era um dos aparelhos em que eu tinha mais chance, como vocês sabem. Eu fiquei muito satisfeita”, disse a campeã.

 

“Acho que fico mais feliz com a felicidade dele do que com a própria medalha. Ele só quer me ver brilhar e a única forma que eu posso retribuir é com a minha ginástica e nosso trabalho. Eu pude fazer isso por ele na quinta, com a medalha de prata, e hoje, com a medalha de ouro. E é isso que eu vou buscar fazer, dar orgulho para as pessoas, para a minha família e pra mim”, completou.

Rebeca Andrade na prova de salto nas Olimpíadas de Tóquio (Foto: Ricardo Bufolin/Panamerica Press/CBG)

Executando dois dos movimentos mais difíceis no aparelho, um Cheng e um Amanar, Rebeca conseguiu 15.166 no primeiro salto e 15.000 no segundo, chegando a uma média de 15.083. Ela foi a terceira a se apresentar na final e assumiu a liderança para não mais deixar até a oitava ginasta deixar a área de competição.

 

A prata ficou com Mykayla Skinner, dos Estados Unidos, com 14.916 — americana que substituiu a estrela Simone Biles na final ─, e o bronze com Seojeong Yeo, da Coreia do Sul, com 14.733.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.