Argentina conquista Copa América e prêmio dez vezes maior que o Brasil após vitória no Maracanã

Por título, seleção Albiceleste receberá US$ 10 milhões, enquanto o Brasil terá direito a US$1,1 milhão

Por Oeste Mais

11/07/2021 08h09 - Atualizado em 11/07/2021 10h39



Argentina comemora o gol da vitória por 1 a 0 (Foto: Carl de Souza/AFP)

A Argentina venceu o Brasil por 1 a 0 e conquistou a Copa América em pleno Maracanã na noite deste sábado, dia 10. O gol foi marcado por Di Maria, aos 21 minutos do primeiro tempo. Ele recebeu lançamento de De Paul e encobriu o goleiro Ederson. O título rendeu ainda uma premiação em dinheiro dez vezes maior que a do vice-campeão (veja os números ao final do texto).

 

Com a conquista, a Argentina quebrou um jejum de 28 anos sem troféu. A última taça havia sido a Copa América de 1993, quando venceu o México. O título deste sábado também foi o primeiro de Lionel Messi com a seleção de seu país. O craque do Barcelona nunca havia ganhado uma taça com a camisa argentina.

Messi recebeu o troféu de artilheiro da Copa América de 2021 (Foto: Conmebol)

Para chegar ao título, a Argentina derrotou a Colombia nos pênaltis na semifinal, após empate por 1 a 1. Antes a seleção venceu o Equador nas quartas de final, pelo placar de 3 a 0. Na fase de grupos, os argentinos venceram Bolívia (4 a 1), Paraguai (1 a 0), Uruguai (1 a 0) e empataram com Chile em 1 a 1.

 

Perder o título em casa fez o Brasil ficar sem o troféu da Copa América pela primeira vez na história sendo mandante da competição. Na outras ocasiões a seleção sempre saiu campeã: 1919, 1922, 1949, 1989 e 2019.

 

Premiações da Copa América 2021

Foto: Reprodução/GE
Messi levanta a taça da Copa América no Maracanã (Foto: André Durão)

COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.