Chapecoense afasta atacante Bruno Silva após agressões

Jogador deu uma rasteira no reserva do Inter e ainda acertou um soco no rosto de Caio Vidal

Por Redação Oeste Mais

25/06/2021 21h16



A Chapecoense informou nesta sexta-feira, dia 25, que afastou o atacante Bruno Silva das atividades do clube até determinação do Departamento de Futebol.

 

Conforme uma nota divulgada pelo time, neste período, o clube oferecerá todo o suporte e acompanhamento ao atleta para evitar que situações parecidas se repitam.

 

Protagonista de um lance de agressão (assista abaixo) no jogo entre Chapecoense e Internacional na noite desta quinta-feira, dia 24, na Arena Condá, o jogador chapecoense deu uma rasteira em Peglow, reserva do Inter que tentou impedir uma reposição rápida de bola em lateral para a Chapecoense. Ele ainda acertou um soco no rosto de Caio Vidal.

 

Bruno foi às redes sociais após a partida da sexta rodada do Campeonato Brasileiro para se desculpar com os jogadores do Inter.

 

Confira a nota na íntegra:

 

"Pela reincidência de ato indisciplinar - ocorrido na última quinta-feira (24), nos minutos finais da partida contra o Internacional - o atleta Bruno Silva ficará afastado das atividades na Chapecoense até determinação do Departamento de Futebol. As medidas administrativas cabíveis serão aplicadas.

Neste período, o clube oferecerá todo o suporte e acompanhamento ao atleta, através da sua equipe multidisciplinar, a fim de que atitudes como essa não aconteçam novamente."


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.