Com gol nos acréscimos, de pênalti, Chape conquista Série B do Brasileirão

Time do Oeste derrotou o Confiança na Arena Condá e foi campeão por causa de um gol a mais de saldo

Por Oeste Mais

29/01/2021 23h52 - Atualizado em 30/01/2021 00h26



Anselmo Ramon comemora gol do título para a Chape (Foto: Márcio Cunha/ACF)

A Chapecoense escreveu na noite desta sexta-feira, dia 29, mais um capítulo inédito na história do futebol brasileiro. Desde a implantação dos pontos corridos, em 2006, nunca uma Série B havia chegado na última rodada com duas equipes empatadas em número de pontos.

 

América-MG e Chapecoense tinham 70 pontos. O que separava as equipe da primeira e segunda colocações, respectivamente, era o saldo de gols. Na rodada decisiva, o América-MG venceu o Avaí por 2 a 1, mas a Chape derrotou o Confiança por 3 a 1. Com um gol a mais de saldo, o Verdão do Oeste comemorou o título inédito da Séria B.

 

A vitória veio aos 50 minutos do segundo tempo. O gol foi marcado de pênalti, por Anselmo Ramon, no momento em que a partida entre América e Avaí já havia terminado. A torcida no lado de fora da Arena Condá soltou o grito logo após a cobrança do atacante da Chape. O jogo ainda se estenderia por mais alguns minutos, mas o 3 a 1 no placar garantiu ao Verdão o título de campeão da Série B.

 

O jogo

 

A Chapecoense começou melhor e saiu na frente logo aos três minutos do primeiro tempo. Denner recebeu passe de Mike e fez cruzamento rasteiro para Anselmo Ramon, que dominou e finalizou no cantinho para deixar os catarinenses em vantagem.

 

No segundo tempo, o Confiança voltou mais ligado e empatou o jogo aos nove minutos. Altemar avançou em velocidade pelo lado esquerdo e cruzou para Reis mandar de cabeça e igualar o marcador.

Chape é campeã da Série B 2020 (Foto: Márcio Cunha/ACF)

Precisando da vitória para conquistar o título, a Chape foi para cima e anotou o segundo gol aos 33 da etapa final, quando Anselmo Ramon cruzou para Perotti desviar de carrinho para o gol.

 

Com o resultado da partida entre América-MG e Avaí (2 a 1), a Chape precisava de mais um gol para conquistar a taça, abrindo um gol a mais no critério de desempate, o saldo de gols.

 

O time se lançou ao ataque nos minutos finais, e aos 50 minutos, Bruno Silva foi derrubado na área. O juiz marcou pênalti. Anselmo Ramon cobrou com categoria, de cavadinha, e marcou o gol do título da Série B.

 

Além da taça, a Chapecoense está garantida na primeira divisão do Campeonato Brasileiro de 2021. A equipe havia sido rebaixada para a Série B no final de 2019, mas volta à elite já na edição seguinte.

Tabela final da Série B 2020 (Foto: Reprodução/Globo Esporte)

COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.