Lutador de Santa Catarina ganha US$ 1 milhão em torneio de MMA nos EUA

Natan Schulte, conhecido como Russo, venceu pela segunda vez o GP de pesos leves do Pro Fight League

Por Oeste Mais

02/01/2020 15h27 - Atualizado em 17/04/2020 14h39



Natan recebe o cinturão das mãos de Mike Tyson(Foto: Ryan Loco)

O lutador joinvilense de MMA (Artes Marciais Mistas) Natan Schulte, conhecido como Russo, venceu pela segunda vez o GP (Grand Prix) de pesos leves do Pro Fight League (PFL). O evento foi disputado na virada de ano no Madison Square Garden, em Nova York. Além do cinturão, ele faturou US$ 1 milhão como prêmio.

 

Natan venceu na grande final o lutador Loik Radzhabov (Tadjiquistão), em uma luta decidida pelos juízes. Para chegar à decisão, o joinvilense precisou passar por outros quatro lutadores ao longo do ano. O GP contava com 12 convidados.

 

Na fase eliminatória, Natan venceu o chinês Yincang Bao e o canadense Jesse Ronson. Ele terminou na liderança e enfrentou o norte-americano Ramsey Nijem nas quartas de final em outubro. No mesmo dia, ainda derrotou o russo Akhmed Aliev.

 

Na final, foram cinco rounds de cinco minutos, nas fases anteriores eram três rounds. Segundo o empresário do lutador, Valmir Silva, os dois primeiros foram equilibrados, mas a partir do terceiro round cresceu aproveitando a luta de chão e chutes na perna. Foi como ele garantiu os pontos suficientes para conquistar a vitória unânime dos juízes.

 

Com a conquista do torneio, Natan conquistou o segundo cinturão e permanece como o lutador a ser batido na categoria do PFL. O histórico do brasileiro é de 20 vitórias, três derrotas e um empate.

Natan recebe cinturão e prêmio me dinheiro (Foto: PFL, Reprodução)

Com informações do A Notícia


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.