Brasil derrota novamente a Argentina com ginásio lotado e festa da torcida em Joaçaba

Seleção Brasileira de Futsal venceu o terceiro duelo entre as equipes em Santa Catarina

Por Redação Oeste Mais

30/07/2016 08h14 - Atualizado em 17/04/2020 14h39



Brasil comemora um dos gols da vitória por 3 a 0 sobre a Argentina em Joaçaba (Foto: Luis Domingues/CBFS)

A Seleção Brasileira de Futsal voltou a vencer a Argentina no terceiro duelo entre as equipes em Santa Catarina. Na noite desta sexta-feira, dia 29, no município de Joaçaba, o Brasil conquistou o triunfo por 3 a 0, com destaque para o gol de Jackson, recuperado de lesão após um tratamento intenso com o departamento médico.

 

Agora as delegações partem para Jaraguá do Sul, onde realizam o quarto e último encontro da série de amistosos em terras catarinenses. O duelo será no domingo, dia 31, a partir das 13 horas, com transmissão ao vivo do canal por assinatura SporTV para todo o Brasil.

 

O jogo

 

Em quadra o Brasil mostrou domínio desde o início, dificultando a saída de bola dos argentinos. A pressão surtiu efeito logo aos três minutos, quando Jé apertou a marcação e conseguiu desarmar o marcador, invertendo o jogo para Gadeia. O ala devolveu a bola para o pivô, que finalizou com precisão e abriu o marcador.

 

O Brasil voltou a balançar as redes faltando menos de um minuto para o intervalo. Ferrão sofreu falta perto da entrada da área. Na cobrança, Rodrigo soltou o pé e estufou as redes, para festa do torcedor que lotou o ginásio em Joaçaba.

 

Na volta para a etapa final, a Seleção seguiu fazendo um bom jogo, mas o placar só voltou a mudar no final da partida. Jackson acertou um lindo chute e fechou o placar. Na comemoração, o "Samurai" fez questão de abraçar o médico da Seleção, Carlos Dorileu, e o fisioterapeuta, Kleber Barbão, que realizaram um trabalho intenso para recuperar o ala de uma lesão no tornozelo.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.