Futsal Irani contrata novo técnico para o segundo semestre

Carlos Alberto Mossmann foi anunciado para comandar time masculino de futsal

Por Redação Oeste Mais

06/06/2014 10h05 - Atualizado em 17/04/2020 14h39



A diretoria do Futsal Irani contratou nesta semana um novo técnico para a equipe principal masculina. Carlos Alberto Mossmann (Beto Mossmann) vem de Caxias do Sul (RS) com a missão de fazer um returno diferente na competição. “Carlos é um excelente profissional e conhece muito bem a nossa realidade. Esperamos que os atletas assimilem sua filosofia de trabalho e que os resultados aconteçam” , afirmou Aluisio Bavaresco, diretor de Esportes.


Grande incentivador da prática de esporte, o prefeito Mauri de Lima, desejou sucesso ao novo técnico. “Acredito que o esporte engloba múltiplas atividades, e estamos trabalhando para que Irani seja conhecida fortemente não só pelo futsal, mas sim em diversas modalidades. Queremos incentivar crianças e jovens Iranienses a prática de esporte, motiva-los para quem tenham uma vida mais saudável. Esporte é saúde", finalizou Mauri.


"Quero primeiramente agradecer a Deus e ao prefeito Mauri de Lima, à diretoria de esportes de Irani pela minha indicação, pela confiança depositada em mim. Quero montar um grupo que entenda minha linha de raciocínio e o tamanho da responsabilidade que é representar um time de grande peso como o de Irani, que tem uma torcida que se entrega ao time. Vou mesclar a juventude com os jogadores mais experientes para obter um grupo forte e unido, conto com a torcida que sempre apoiou a equipe, e sei que os atletas vão se empenhar ao máximo para alcançar o objetivo almejado", disse o novo técnico.


Carlos terá o compromisso de preparar a equipe e o primeiro desafio será a disputa do returno da Divisão Estadual, Copa Ric Record e Jogos Abertos, que serão realizados na cidade de Itá no mês de setembro.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.