Rede estadual de ensino realiza projeto para combate à obesidade

Dicas de alimentação são dadas pelos nutricionistas das empresas que fornecem os alimentos às escolas

Por Oeste Mais

19/09/2019 10:33 - Atualizado em 19/09/2019 10:48



Nutricionistas dão dicas de alimentação saudável (Foto: Nutriplus)

O combate à obesidade é tema do projeto de educação alimentar realizado em todas as escolas estaduais de Santa Catarina. As palestras são dadas pelos nutricionistas das empresas fornecedoras da alimentação escolar estadual.

 

Segundo a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), 54% da população brasileira estão com sobrepeso. Entre crianças menores de cinco anos, 7,3% registram pessoa acima do ideal.

 

Para trabalhar hábitos alimentares saudáveis desde a infância, o projeto Todos Contra a Obesidade é desenvolvido em todas as escolas da rede estadual de ensino. Os nutricionistas percorrem as unidades escolares e discutem com os alunos sobre hábitos e alimentação saudável.

 

O sedentarismo infantil é outro alerta. O problema costuma ser a causa de danos graves à saúde, que podem refletir na vida adulta. De acordo com a nutricionista e gerente de alimentação escolar, Osanilda Melo, o combate ao sobrepeso passa pela introdução de hábitos alimentares saudáveis que são criados especialmente na infância.

 

A Secretaria de Estado da Educação (SED) oferece uma alimentação escolar que prioriza alimentos frescos, na tentativa de criar o hábito de alimentação saudável nos alunos e combater a obesidade.

 

Os nutricionistas que participam do projeto interagem com os alunos e abordam temas voltados ao bem-estar, crescimento, rendimento escolar e aprendizagem, escolhas de alimentos saudáveis, prática de atividades físicas, qualidade de vida, como fazer uma refeição equilibrada, consumo consciente e a importância da ingestão de frutas, verduras e água.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.