Pela primeira vez, ensino superior a distância supera o presencial

Foram oferecidas 7,2 milhões de vagas remotas em 2018, segundo o MEC

Por Oeste Mais

19/09/2019 15:08 - Atualizado em 19/09/2019 15:09



O número de vagas ofertadas pelo ensino superior a distância (EAD) superou em 2018, pela primeira vez, o número de oportunidades em cursos presenciais.

 

No ano passado, foram 7.170.567 vagas remotas contra 6.358.534 vagas locais, respectivamente.

 

O dado é do Censo do Ensino Superior, divulgado nesta quarta-feira, dia 19, pelo Ministério da Educação e pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

 

O resultado das vagas em EAD é reflexo direto do aumento dos cursos de graduação a distância, constatado em edições anteriores. Em 2018, por exemplo, o Censo do Ensino Superior mostrou uma alta de 17,6% no número de alunos nesta modalidade.

 

Matrículas presenciais lideram

 

Apesar disso, a rede presencial ainda recebeu mais alunos novos, em 2018, que a rede a distância. Segundo o censo, foram 2.072.614 matrículas em vagas presenciais (28,9% do total ofertado), e 1.373.321 nas vagas à distância (21,5% do total ofertado).

 

Das vagas preenchidas em todas essas redes de ensino, 58% dos alunos se inscreveram em cursos de bacharelado. Outros 21% iniciaram cursos de licenciatura (formação de professores), e os demais 21%, em cursos tecnológicos.

 

Ao todo, 8,4 milhões de alunos estavam matriculados em alguma modalidade de ensino superior em 2018. Desse total, 20% estudavam em instituições públicas, e o restante, na rede privada.

 

Os dados abrangem também o número de vagas oferecidas, inscrições, matrículas, ingressantes e concluintes e informações sobre os professores.

Com informações do G1


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.