Amai lança plataforma para cursos presenciais e de ensino a distância

Site permite que usuário se inscreva, acesse conteúdos e até emita os certificados

Por Oeste Mais

29/04/2019 08:45



A Associação dos Municípios do Alto Irani (Amai) lançou recentemente a plataforma de ensino “AMAI EDUC”, direcionada a cursos organizados pela entidade. Por meio do site é possível se inscrever, acessar conteúdos e até emitir certificados.

 

Nos últimos anos, segundo a Amai, mais de 20 mil gestores e servidores públicos participaram de cursos organizados pela entidade, por meio de formações específicas em diferentes áreas.

Plataforma foi lançada pela Amai para facilitar procedimentos aos usuários (Foto: Divulgação/Amai)

“A Amai tem em sua tradição a execução de cursos, e desde 2005 vem desenvolvendo ações em prol da capacitação dos servidores municipais”, destaca a secretária executiva Ingrid Piovesan.

 

Ela explica que a plataforma foi pensada para melhorar a organização interna e acesso ao público. “Com o aumento de demanda de cursos, precisávamos aprimorar o processo, desde as inscrições, conteúdos, até a emissão de certificados. Isso agora é possível com a plataforma, que possibilitará a prestação de serviço de forma mais organizada e simples”, comenta.

 

Aliado ao ensino presencial, já tradicional na associação, o site possibilitará maior dinamicidade e flexibilização para capacitação dos servidores que poderão encaixar as aulas em horários de sua preferência.

 

Ingrid pontua ainda que todo o material disponibilizado na plataforma será produzido internamente, resultando também em economia. O endereço da plataforma é ead.amaisc.org.br/.

 

Inscrições abertas

 

O primeiro curso lançado para inscrição pela plataforma é sobre Concessões e Parcerias Público-Privadas. O curso será nos dias 23 e 24 de maio, na sede da Amai. Ele é voltado aos secretários de governo, contadores, procuradores, responsáveis pelo setor de compras e licitações e outros  interessados no tema.

 

O conteúdo será ministrado pelo advogado, mestre em Direito, integrante do setor administrativo da Faculdade Meridional (IMED), Guilherme Pavan Machado. A inscrição é gratuita e possível através de doação voluntária de dois quilos de alimento não perecíveis que serão destinados a entidades da região.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.