MEC lança aplicativo para estudantes escolherem curso técnico de acordo com o perfil de interesse

Ferramenta é gratuita e já está disponível para auxiliar na escolha da futura profissão

Por Redação Oeste Mais

07/06/2022 14h02 - Atualizado em 07/06/2022 14h04



O Ministério da Educação (MEC) lançou na última sexta-feira, dia 3, o aplicativo SouTec, que auxiliará estudantes na escolha do futuro profissional, com foco no ensino tecnológico e profissional.

 

A ferramenta foi desenvolvida pela Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec) do Ministério da Educação (MEC) em parceria com redes de ensino.   

 

Para o ministro da pasta, Victor Godoy, esta é uma importante ferramenta que reforça o compromisso do MEC com o fortalecimento do acesso à educação.

 

De acordo com o secretário de Educação Profissional e Tecnológica do MEC, Tomás Sant´Ana, o MEC está empenhado em ofertar, aos estudantes brasileiros e aos gestores, projetos estruturantes que reforçam e fortalecem a importância da rede de ensino técnica e profissional do país.

 

“A educação profissional e tecnológica tem como uma das missões principais a formação continuada, a formação ao longo da vida. Então, para nós, todos são estudantes. O aplicativo pode ser utilizado também por pais, responsáveis, professores e profissionais que desejem se reposicionar na carreira, contribuindo para estimular a aprendizagem ao longo da vida”, disse o secretário.

Aplicativo pode ser baixado gratuitamente pelo celular (Foto: Divulgação)

Aplicativo

 

O SouTec já pode ser baixado de forma gratuita nas lojas de aplicativos e auxiliará os estudantes que estão nos anos finais do ensino fundamental e iniciais do ensino médio na escolha do futuro profissional.

 

O aplicativo possui questões que avaliam as preferências relacionadas a atividades de trabalho e, após a análise desses dados, apresenta um resumo e um relatório completo explicando qual é o perfil profissional do estudante. 

 

Na ferramenta, ainda é possível personalizar as buscas utilizando critérios como a localização em que o curso é ofertado, de acordo com a distância do local informado pelo usuário. O acesso pode ser realizado mesmo sem conexão com a internet.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.