Auxílio financeiro para estudantes da rede estadual de SC é aprovado na Alesc

Alunos receberão uma bolsa mensal de R$ 568, que deverá ser paga entre fevereiro e dezembro

Por Redação Oeste Mais

22/12/2021 08h34 - Atualizado em 22/12/2021 08h35



O projeto de lei que cria o programa Bolsa Estudante foi aprovado na tarde desta terça-feira, dia 21, em sessão na Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc). Com a iniciativa, o Governo de Santa Catarina, por meio da Secretaria de Estado da Educação (SED), vai conceder um auxílio anual de R$ 6.250 para 60 mil estudantes do Ensino Médio e Educação de Jovens e Adultos (EJA).

 

O governador Carlos Moisés explica que a iniciativa é fundamental no combate à evasão escolar. “Queremos manter ou trazer de volta à sala de aula aquele aluno que, eventualmente, precisou abandonar o estudo para ajudar financeiramente a família em um momento de dificuldade", destaca.

 

“Estamos reposicionando a educação catarinense para que seja mais atrativa e crie oportunidades aos nossos jovens. Com o Bolsa Estudante, queremos reduzir o abandono escolar e garantir a permanência do estudante que agora vai entrar no modelo do Novo Ensino Médio, que tem carga horária maior e exige mais tempo de dedicação aos estudos”, afirma o secretário de Estado da Educação, Luiz Fernando Vampiro.

 

Os estudantes receberão uma bolsa anual de R$ 6.250 que será concedida em 11 parcelas mensais de R$ 568, pagas entre fevereiro e dezembro. A iniciativa está garantida até o término do ano letivo de 2024. Para receber o auxílio, além de estar inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) e matriculado no Ensino Médio ou EJA, o estudante deve ter frequência na escola acima de 75% por mês e apresentar bom rendimento. Em caso de reprovação, o aluno perderá o direito à Bolsa Estudante no ano seguinte.

 

Após a sanção do governador Carlos Moisés, o programa será instituído pelo Governo de Santa Catarina por decreto oficial. Outros detalhes sobre o processo de inscrição e a operacionalização do pagamento do auxílio serão detalhados neste documento.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.