Vargeão apresenta projeto “Cuidando de Quem Cuida” em mostra na Alesc

Projeto foi exposto em evento realizado nesta semana na Assembleia Legislativa de Santa Catarina

Por Redação Oeste Mais

25/11/2021 12h56 - Atualizado em 25/11/2021 13h16



Projeto “Cuidando de Quem Cuida” é apresentado em mostra na Alesc (Foto: Divulgação)

O município de Vargeão apresentou nesta semana o projeto “Cuidando de Quem Cuida” na 1ª Mostra de Boas Práticas e Inovação na Educação realizada na Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc), em Florianópolis.

 

A ideia revolucionária para a vida de educadores, profissionais da educação e alunos da rede municipal de ensino foi inclusive a campeã do programa Ação Destaque da editora Opet, parceira do Sistema Educacional Família e Escola (Sefe), competindo com 85 projetos de 23 redes municipais do Brasil.

 

Na mostra da Alesc, o projeto realizado pela Secretaria de Educação de Vargeão foi um dos que que mais conseguiu chamar a atenção dos presentes e que mais impacta na vida escolar, preparando os profissionais para produzirem ainda mais em sala de aula, dando melhores condições de ensino aos estudantes.

Representantes de Vargeão apresentaram projeto desenvolvido no município (Foto: Divulgação)

No evento, o prefeito Volmir Felipe, a secretária de Educação Carmen Raymundi e a psicóloga Escolar Pricila Tobias explicaram como funciona o “Cuidando de Quem Cuida”, implantado neste ano em virtude da pandemia de Covid-19.

 

+ Conheça o projeto “Cuidando de Quem Cuida”

 

A mostra disponibilizou para educadores e administradores públicos de todo o Brasil exemplos de 13 cidades catarinenses sobre o setor de educação. O evento teve 300 participantes inscritos para os modos virtual e presencial.

 

Além de Vargeão, a mostra apresentou casos de sucesso dos municípios de Barra Velha, Caçador, Campos Novos, Joaçaba, Rio do Sul, São Bento do Sul, São João do Oeste, São Joaquim, Timbó e Tubarão.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.