Dia da Família na Escola traz dicas para o cultivo de hortas domésticas

Celebrada em abril, data busca inserir famílias na comunidade escolar e tornar mais interativa a relação entre os estudantes e seus pais ou responsáveis

Por Oeste Mais

14/04/2021 16h44 - Atualizado em 14/04/2021 16h44



Com o objetivo de incentivar uma vida mais saudável, o Dia da Família na Escola (celebrado por meio de lei estadual sempre em abril) terá como tema este ano "Uma horta em cada canto".

 

O assunto será abordado em evento online e gratuito neste sábado, dia 17, a partir das 10 horas, no YouTube da Secretaria de Estado da Educação.

 

O Dia da Família na Escola foi instituído por lei em 2016, atendendo pleito do Movimento Santa Catarina pela Educação, conduzido pelas Federações da indústria (Fiesc) comércio e serviços (Fecomércio), transporte (Fetrancesc) e agricultura (Faesc), além da Secretaria de Estado da Educação e da Undime.

 

Acesse o evento através do link.

 

A pandemia declarada há mais de um ano mudou a forma de consumo da sociedade, que adotou novos hábitos, aumentando o isolamento para reduzir o contágio por conta do coronavírus.

 

O encontro vai ensinar a construir uma horta doméstica, seja em casa ou em apartamento (vertical), os cuidados iniciais e rotineiros no cultivo de hortaliças e plantas medicinais, além de dicas de como produzir adubo orgânico para o controle de pragas e doenças.

 

A conversa será conduzida por profissionais do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e da Secretaria do Estado da Educação. Também será possível conhecer a experiência da Escola de Educação Básica Vinte e Cinco de Maio, de Fraiburgo, com hortas escolares.

 

A presença da família na vida escolar dos alunos deve ser constante no desenvolvimento de atividades cotidianas, no espaço para o diálogo e na busca de propostas e soluções para o bem-estar da vida escolar.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.