Fapesc aprova investimento de R$ 7,3 milhões em novas bolsas de estudo em SC

Na prática, entram em operação no próximo ano mais 169 bolsas, sendo 144 de mestrado, 18 de doutorado e 7 de pós-doutorado

Por Oeste Mais

07/12/2020 14h06



As pesquisas realizadas em programas de pós-graduação no estado contarão com mais um apoio a partir de 2021. A Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação de Santa Catarina (Fapesc) conseguiu aprovar R$ 7,3 milhões em recursos para novas bolsas de mestrado, doutorado e pós-doutorado. O investimento será feito em parceria com a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

 

Na prática, entram em operação no próximo ano mais 169 bolsas, sendo 144 de mestrado, 18 de doutorado e 7 de pós-doutorado.

 

O investimento foi possível após a Fapesc aprovar quatro projetos destinados aos programas de pós-graduação emergentes e em consolidação em Santa Catarina pelo Programa de Desenvolvimento de Pós-Graduação - Capes. Isso vai permitir receber do governo federal R$ 4,68 milhões para as bolsas. A fundação dará como contrapartida mais R$ 2,6 milhões.

 

Segundo o presidente da fundação, Fábio Zabot Holthausen, faz parte da missão da Fapesc formar e qualificar pesquisadores e profissionais. “A aprovação das quatro propostas junto à Capes mostra o engajamento da nossa equipe e a preocupação em ampliar o número de bolsas, além de fortalecer os programas emergentes e em consolidação em áreas prioritárias para Santa Catarina” explica.

 

A gerente de Eventos em Ciência, Tecnologia e Inovação, Ana Paula Netto Carneiro, responsável pelas bolsas da Fapesc, destaca também a importância de apoiar pesquisadores de diferentes universidades. “Essa parceria com a Capes renderá incentivo primordial para o desenvolvimento dos programas de pós-graduação em áreas prioritárias, tanto de instituições públicas quanto privadas em Santa Catarina”, complementa.

 

Vale destacar que os programas de pós-graduação emergentes são aqueles criados a partir de 2013 e que passaram por apenas uma avaliação da Capes. Já os em consolidação não tiveram nenhuma espécie de teste ainda.

 

Total de bolsas

 

Em 2020, a Fapesc manteve ativas 529 bolsas com recursos próprios e parcerias. São 31 de iniciação científica e tecnológica, 330 de mestrado, 71 de doutorado, 12 de pós-doutorado e 85 para desenvolvimento de tecnologia e inovação.

 

As 169 bolsas aprovadas com apoio da Capes representam um aumento de 32% no fomento aos novos pesquisadores.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.