Volta às aulas tem previsão para 19 de outubro em Santa Catarina

Mais de 12 mil alunos do Ensino Médio devem voltar às aulas na rede estadual na primeira semana

Por Oeste Mais

06/10/2020 13h57 - Atualizado em 06/10/2020 13h57



Retorno das aulas na rede estadual será de forma gradativa, começando apenas com atividades de reforço (Foto: Tiago Ghizoni/Diário Catarinense)

A volta às aulas em Santa Catarina já tem indicativo de data. A previsão de retorno das atividades presenciais é em 19 de outubro nas áreas de risco moderado ou alto para coronavírus, segundo a Secretaria de Estado de Educação (SED). A Secretaria de Estado de Saúde (SES), no entanto, ainda não confirmou a informação. A tendência é que uma portaria, com definição de regras e datas, seja publicada até o final da tarde desta terça-feira, dia 6.

 

Segundo a Secretaria de Educação, os professores da rede estadual já receberam o cronograma e as orientações necessárias para o retorno presencial. Em 13 de outubro os educadores devem estar nas escolas, a fim de colocar em prática o treinamento recebido. Na semana seguinte, em 19 de outubro, será a vez dos estudantes.

 

Na rede estadual de ensino o retorno ocorre, no primeiro momento, apenas para uma parcela de alunos do Ensino Médio. As demais redes de ensino terão autonomia para definir a volta às aulas presenciais, desde que cumpram as determinações da futura portaria e apenas nas regiões onde a situação do coronavírus está nos níveis menos graves.

 

De acordo com a mais recente atualização do mapa de risco do Centro de Operações de Emergência em Saúde (Coes), feita na semana passada, cinco regiões do estado estão aptas para o retorno. Até a data estipulada, no entanto, ao menos mais duas atualizações estão previstas.

 

A estimativa é que Santa Catarina tenha a volta de 12,2 mil alunos de terceiro ano do Ensino Médio, que não participaram das atividades escolares remotas ou que tiveram dificuldades de aprendizagem identificadas na avaliação do primeiro semestre de 2020. Até o final do ano devem estar nas escolas 26% dos 524 mil matriculados na rede.

Com informações do Diário Catarinense


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.