65% dos pais não pretendem mandar filhos para escolas de Passos Maia se aulas voltarem em 2020

Secretaria Municipal de Educação realizou pesquisa com responsáveis por alunos da rede municipal

Por Oeste Mais

24/07/2020 18h26


Uma pesquisa realizada pela Secretaria de Educação de Passos Maia aponta que 65% dos pais não mandariam os filhos de volta para as escolas municipais se as aulas presenciais fossem retomadas ainda neste ano.

 

O levantamento realizado nos últimos dias ouviu responsáveis por alunos das Escolas Duque de Caxias, Nossa Senhora Aparecida, Maria Francisca Maciel e do Centro de Educação Infantil Branca de Neve.

 

A Secretaria de Educação analisa que o número mostra que a maioria dos pais entende ser um ano atípico, em razão da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), para a retomada normal das atividades.

 

Além dos 65% que disseram não mandar mais os filhos às escolas em 2020, 15% dos pais responderam que mandariam em setembro e outros 20% disseram que mandariam em outubro.

 

A Secretaria de Educação também pediu se os pais mandariam os filhos de volta às aulas em agosto, conforme estava previsto antes de um novo decreto publicado pelo governo de Santa Catarina, há uma semana.

 

DADOS POR ESCOLA

 

Se as aulas voltassem no início de agosto, você mandaria seu filho para a escola?

 

Escola Nossa Senhora Aparecida (75% dos pais responderam)

Não - 64,2%

Sim - 35,8%

 

Escola Duque de Caxias (75% dos pais responderam)

Não - 80%

Sim - 20%

 

Centro de Educação Infantil Branca de Neve (70% dos pais responderam)

Não - 86,3%

Sim - 13,7%

 

Escola Maria Francisca Maciel (100% dos pais responderam)

Não 90%

Sim - 10%

 

Com base no decreto do governo de Santa Catarina, publicado em 17 de julho, as aulas presenciais seguem suspensas pelo menos até o dia 7 de setembro de 2020. A medida faz parte das ações de contenção da propagação da Covid-19.

 

A Secretaria de Educação de Passos Maia reforça aos alunos e familiares a importância da realização de todas as atividades que continuam sendo encaminhadas pelo WhatsApp e entregues nas casas durante o período.

COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.