97% dos estudantes da rede estadual realizam atividades não presenciais

Levantamento da Secretaria de Estado da Educação mostra que mais de 500 mil alunos estão realizando atividades remotas

Por Oeste Mais

11/07/2020 08h27 - Atualizado em 11/07/2020 08h29


Alunos realizam atividades em casa durante a pandemia (Foto: Divulgação)

Um levantamento concluído pela Secretaria de Estado da Educação (SED), nesta semana, mostra que o atendimento das atividades não presenciais alcança 97% dos estudantes da rede estadual. O relatório da Diretoria de Ensino da SED indica que 522.325, dos 537.584 alunos matriculados na rede, estão acessando as atividades remotas de forma virtual ou com os materiais impressos.

 

A diminuição significativa de alunos que não respondem às atividades não presenciais, público que era de 34 mil no início de junho, é positiva na visão do secretário de Estado da Educação, Natalino Uggioni. Contudo, ele ressalta que a SED mantém ações para integrar os demais estudantes ao ensino não presencial e que o objetivo é que nenhum aluno fique para trás.

 

“A participação dos estudantes é fundamental para que a gente consiga êxito nesse desafio de atingirmos a totalidade da rede. Essa redução significativa de estudantes que não estavam participando das atividades, e que passaram a acompanhar as ações não presenciais, mostra também que a campanha que realizamos está dando bons resultados, e que nós precisamos continuar trabalhando com essa iniciativa da busca ativa”, destaca o secretário.

 

Os dados consideram as informações cadastradas pelos docentes na plataforma Professor ​On-line da SED. Há quatro opções possíveis de preenchimento: atendido via recurso tecnológico e material impresso, atendido via recurso tecnológico, atendido via material impresso e não está sendo atendido. Para tornar o acompanhamento mais próximo, também é possível registrar as diferentes formas de atendimento, conforme a periodicidade das atividades.

 

O relatório considera que a condição familiar de acesso à internet é uma variável que pode ser alterada diversas vezes durante um curto período. Assim, um estudante pode acessar o material virtual em um período e no outro receber as atividades impressas, ou ainda fazer as atividades de forma virtual em uma disciplina e impressa em outra. Não é possível, portanto, fazer uma soma dos números isolados de atendimento de forma virtual e impressa.

 

Busca ativa para encontrar alunos que não respondem às atividades

 

A SED iniciou em junho o processo de busca ativa dos alunos que não estavam respondendo a nenhuma das atividades propostas pelos professores e pela unidade escolar, tanto na plataforma on-line quanto com os materiais impressos. O diagnóstico inclui um questionário virtual, disponibilizado para uso dos professores e gestores escolares, com perguntas para entender o motivo do aluno não estar participando das ações não presenciais.

 

Após um mês, o número de estudantes identificados na plataforma Professor ​On-line como “não atendidos” diminuiu para 2.522. Como o diagnóstico da busca ativa está em andamento, ainda há ​12.737 estudantes que não têm registro de atendimento no sistema.

 

É necessário levar em conta que a estratégia utilizada pela SED possibilita diferentes maneiras de atendimento ao estudante de uma disciplina para outra. Dessa forma, a estratégia de busca ativa também se aplica aos 103.661 ​estudantes que acessam atividades em algumas disciplinas e em outras não.

 

Lançamento de campanha para engajar alunos nas atividades

 

Para manter o engajamento dos alunos nas atividades não presenciais, a SED lançou a campanha “Cada um na sua casa. Todos presentes na Educação”. O objetivo é estimular principalmente os estudantes do Ensino Médio, público que reduziu a frequência de realização das atividades, a continuarem fazendo os exercícios propostos pelos professores, seja de forma on-line ou impressa, exercendo o direito à educação e praticando a autorresponsabilidade.

 

As ações da SED durante a campanha incluem duas transmissões ao vivo com o professor de matemática da rede estadual, Dagoberto Cipriano Filho. As lives voltadas aos estudantes têm como temática a Organização de estudos e dicas de estudo para a área de Matemática e suas linguagens.

 

A campanha também prevê ações específicas para os professores e pais, mantendo toda a comunidade escolar engajada neste momento para construir um ensino de qualidade. Conheça mais detalhes sobre a campanha clicando aqui.

COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.