Governo vai propor idade para aposentadoria de 65 anos para homens e mulheres

Texto preliminar da Proposta de Emenda à Constituição da reforma da Previdência sobe também o tempo mínimo de contribuição para o INSS de 15 para 20 anos

Por Oeste Mais

04/02/2019 17:25 - Atualizado em 04/02/2019 17:25


O governo Jair Bolsonaro vai propor fixar idade mínima de 65 anos para homens e mulheres que se aposentarem no Brasil.

 

 O tempo mínimo de contribuição para a Previdência, chamado de carência, subirá de 15 para 20 anos.

 

Atualmente, há duas formas de se aposentar. Por idade, com a exigência de ter 65 anos (homens) e 60 anos (mulheres), com a carência de 15 anos.

 

 A outra é por tempo de contribuição, quando não se exige idade mínima, mas são necessários 35 anos (homens) e 30 anos (mulheres) de pagamentos ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). A reforma que deve ser proposta pelo governo ao Congresso acaba com a aposentadoria por tempo de contribuição.

 

A proposta que tinha sido encaminhada pelo ex-presidente Michel Temer instituía a idade mínima de 65 anos para homens e 62 anos para mulheres.

 

Segundo o texto obtido pelo jornal, a reforma propõe que aos 20 anos de contribuição para a Previdência, o segurado receba 60% do benefício. Cada ano a mais trabalhado acrescentará dois pontos porcentuais até chegar a 100% no benefício com 40 anos de contribuição.

Com informações do Estadão


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.