Distribuição do lucro das contas do FGTS será de R$ 30,88 para cada R$ 1 mil

Crédito será proporcional ao saldo existente nas contas dos trabalhadores no dia 31 de dezembro de 2018

23/08/2019 11:41



Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Caixa depositará o lucro líquido de R$ 12,22 bilhões do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) nas contas vinculadas de 93,2 milhões de trabalhadores até o dia 31 de agosto. Isso significa que a distribuição do lucro do fundo será de R$ 30,88 para cada R$ 1.000 de saldo na conta do trabalhador.

 

O FGTS passou a distribuir seus resultados aos cotistas em 2017, durante o governo Michel Temer. Na época, foi fixado um percentual de 50%. Neste ano, além da liberação de saques anuais do FGTS, o governo elevou a distribuição do lucro para 100%.

 

O valor leva em consideração o saldo em conta no dia 31 de dezembro do ano passado. O resultado creditado na conta do trabalhador passa a compor o saldo para fins de saque, de acordo com as regras estabelecidas pela Lei 8.036/90, como nos casos de demissão sem justa causa, aposentadoria e término de contrato por prazo determinado.

 

Com a distribuição de resultado, a rentabilidade das contas do FGTS no ano base 2018 alcançará 6,18%. Em nota, o presidente do Conselho, Igor Vilas Boas, afirma que a distribuição de 100% do resultado do FGTS amplia os ganhos do cotista, tornando a rentabilidade melhor que a maioria dos investimentos.

 

A rentabilidade supera a inflação medida pelo IPCA, que está em 3,22% no acumulado em 12 meses até julho, e a caderneta de poupança (4,55% nos depósitos a partir de 04/05/2012). Também fica próxima do rendimento bruto do CDI/Selic (6,35% sem Imposto de Renda) e da média dos CDBs (6,78% sem IR) até julho, mas supera a correção líquida nos dois casos, pois o FGTS é isento do IR.

 

Canais exclusivos de informação

 

Para facilitar o atendimento, a Caixa disponibilizará, no dia 31 de agosto de 2019, um serviço exclusivo no site com informações sobre o valor depositado. Os trabalhadores também poderão consultar o valor do crédito em seu extrato disponível no site ou pelo app FGTS.

Do Diário Catarinense


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.