Empresas do Oeste conhecem processo de compras da Nestlé Purina

Reunião apresentou dados e índices sobre o grupo e explicou como as empresas podem ser fornecedoras da multinacional

Por Redação Oeste Mais

05/07/2022 18h23 - Atualizado em 05/07/2022 18h31



Reunião ocorreu nesta terça-feira em Chapecó (Foto: Divulgação/MB Comunicação)

Representantes de indústrias da região conheceram os procedimentos e a lista de produtos, insumos, componentes, matérias-primas, equipamentos e serviços que serão comprados pela unidade da Nestlé Purina, que está se instalando em Vargeão, no Oeste de Santa Catarina.

 

A Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc), em parceria com a empresa, realizou nesta terça-feira, dia 5, a Feira de Fornecedores – Edição Chapecó, no Senai. No evento também foram esclarecidas dúvidas técnicas e detalhado o passo a passo de como efetivar o cadastro do fornecedor.

 

Leia também: Lançamento de ‘pedra fundamental’ marca chegada da Nestlé em Vargeão

 

Com previsão de investimentos de R$ 1 bilhão, o novo parque industrial da multinacional deve iniciar as operações no fim de 2023. As obras iniciaram em abril deste ano e durante as etapas de construção serão contratados 1,8 mil profissionais terceiros.

 

A previsão de contratação nos próximos anos é de 200 profissionais, além da fábrica demandar insumos da agroindústria local e gerar valor agregado para as cadeias produtivas da avicultura e suinocultura. A unidade terá uma área de 79 mil metros quadrados.

 

O gerente executivo de compras da Nestlé, Marcelo Santos, conduziu a apresentação da empresa. Ele explicou que existem processos internos que precisam ser cumpridos para manter a padronização, a organização fluindo e a qualidade.

 

“Estamos sempre buscando novas modalidades de fornecedores. Encontros nesse formato estamos fazendo pela primeira vez. Queremos eliminar barreiras e comprar tudo o que for possível de empresas do estado”, disse. A área de cadastro de fornecedor está no site nestle.com.br.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.