IPCA: inflação oficial fecha 2021 em 10,06%, maior alta desde 2015

Gasolina, item de maior peso no IPCA, acumulou alta de 47,49% ano ano

Por Redação Oeste Mais

11/01/2022 11h04



O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), considerado como a inflação oficial do país, apresentou alta de 0,73% em dezembro, acumulando aumento de 10,06% em 2021.

 

Os dados foram divulgados nesta terça-feira, dia 11, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). É a maior taxa acumulada no ano desde 2015, quando o IPCA foi de 10,67%.

 

Com isso, a inflação oficial ficou muito acima da meta de 3,75%, definida pelo Conselho Monetário Nacional para o ano de 2021, cujo teto era 5,25%.

 

De acordo com o IBGE, o resultado foi influenciado principalmente pelo grupo transportes, que variou 21,03% no acumulado do ano. Em seguida vieram habitação, com alta de 13,05%, e alimentação e bebidas, que aumentou 7,94% em 2021. A gasolina, item de maior peso no IPCA, acumulou alta de 47,49% ano ano.

Da Agência Brasil


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.