Seis cidades de SC estão entre as 50 que mais geraram empregos no primeiro semestre

Estado teve um saldo de 126.111 vagas com carteira assinada geradas nos primeiros seis meses do ano

Por Oeste Mais

31/07/2021 08h14 - Atualizado em 31/07/2021 08h14



Santa Catarina teve um saldo de 126.111 vagas com carteira assinada geradas no primeiro semestre de 2021. Foi o terceiro melhor resultado do país em números absolutos, atrás apenas de São Paulo (491 mil) e Minas Gerais (185 mil), os dois estados mais populosos do país.

 

Na divisão por municípios, as cidades catarinenses também se destacam. São seis entre as 50 que mais geraram postos de trabalho, segundo o Ministério da Economia.

 

O melhor desempenho entre as catarinenses foi de Joinville, que teve um saldo de 10.838 empregos, ficando na 12ª colocação nacional. Em seguida aparece Blumenau (saldo de 9.763), com o 16º posto em nível federal. Completam a lista São José (26ª), Itajaí (28ª), Chapecó (41ª) e Jaraguá do Sul (42ª).

 

Para o governador Carlos Moisés, o resultado demonstra que a economia catarinense cresce de maneira semelhante em todas as regiões. Ele cita ainda cidades como Florianópolis, Brusque, Criciúma e Tubarão, todas com mais de 3 mil empregos gerados entre janeiro e junho.

 

“Santa Catarina se diferencia por ter um forte desenvolvimento em todas as regiões. O resultado do Caged mostra que praticamente todas as cidades do nosso estado tiveram resultado positivo na geração de empregos no primeiro semestre, mesmo com a pandemia. Estamos confiantes de que, com o avanço da vacinação, vamos ter um segundo semestre ainda mais positivo”, aposta o governador.

 

O secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Luciano Buligon, lembra que Santa Catarina teve um saldo de 74.837 novas empresas no primeiro semestre, o que representa uma alta de 47,63% em relação ao mesmo período do ano passado. Segundo ele, trata-se de mais um indicativo de uma consistente retomada econômica.

 

“O emprego é o nosso principal objetivo, pois garante a dignidade ao trabalhador. Mas há uma série de indicadores que comprovam que estamos no caminho certo, como o fato de mantermos a menor taxa de desocupação do país. Também estamos recebendo muitas novas empresas, o que comprova a competitividade catarinense”, disse Buligon.

 

Veja a lista dos melhores resultados por cidade no Brasil e em SC

 

1º - São Paulo (204.677)

2º - Belo Horizonte (27.802)

3º - Curitiba (25.984)

4º - Brasília (24.741)

5º - Rio de Janeiro (21.951)

6º - Goiânia (21.397)

7º - Salvador (16.763)

8º - Fortaleza (14.281)

9º - Barueri (12.688)

10º - Campinas (12.566)

12º - Joinville (10.838)

16º - Blumenau (9.763)

26º - São José (6.658)

28º - Itajaí (6.412)

41º - Chapecó (5.019)

42º - Jaraguá do Sul (4.881)


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.