Santa Catarina investirá R$ 5 milhões em novo projeto de incentivo ao plantio de cereais de inverno

Intenção é ampliar em 20 mil hectares a área cultivada em todo o estado já na safra 2020/2021

Por Oeste Mais

04/05/2021 08h53



A Secretaria de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural pretende ampliar em 20 mil hectares a área plantada com cereais de inverno em Santa Catarina, reduzindo a dependência de milho e os custos de produção de carnes e leite.

 

O Projeto de Incentivo ao Plantio de Cereais de Inverno Destinados à Produção de Grãos contará com R$ 5 milhões em investimentos, que serão destinados para apoiar os produtores que apostarem no cultivo de trigo, triticale, centeio, aveia e cevada ainda nesta safra.

         

O Projeto de Incentivo ao Plantio de Cereais de Inverno Destinados à Produção de Grãos faz parte do Programa Terra Boa e tem a participação da Secretaria de Estado da Agricultura, cooperativas, produtores rurais e agroindústrias. Todo o setor produtivo está mobilizado para reduzir a dependência de milho e os custos de produção, além de trazer mais uma alternativa de renda para os agricultores - que poderão ocupar as lavouras também no inverno.

 

Com o Projeto, a Secretaria da Agricultura dará uma subvenção de R$ 250 por hectare efetivamente plantado com cereais de inverno, num limite de dez hectares por produtor. A intenção é ampliar em 20 mil hectares a área cultivada em todo o estado já na safra 2020/2021.

 

Como funciona a iniciativa

 

Os produtores rurais procuram as cooperativas agropecuárias participantes do Projeto para manifestar o interesse em fazer a semeadura de cereais de inverno. As cooperativas fornecem as sementes e insumos para o plantio e o produtor realiza o pagamento ao final da safra, quando entrega os grãos e recebem o subsídio de R$ 250,00 por hectare cultivado.

 

Os grãos entregues pelos produtores às cooperativas são destinados às agroindústrias e fábricas de ração instaladas no estado. O Projeto segue o modelo do Programa Terra Boa, bastante conhecido pelos produtores rurais de Santa Catarina.

 

Importância de investir na produção de cereais de inverno

 

Santa Catarina é um dos maiores importadores de milho do Brasil. Todos os anos mais de quatro milhões de toneladas do grão são importados de outros estados e países para abastecer a cadeia produtiva catarinense. A intenção da Secretaria da Agricultura é ocupar as lavouras também no inverno, trazendo uma alternativa de renda para os produtores e mais competitividade para a cadeia produtiva de carnes.

 

O incentivo para produção de cereais de inverno vem complementar outras ações desenvolvidas pelo Governo do Estado para aumentar o fornecimento de insumos.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.