Prodec incentiva projetos que devem gerar 400 empregos e R$ 124 milhões de investimentos para SC

Três empresas foram habilitadas e tiveram os projetos de ampliação ou implantação de pesquisa médica e produção de material aprovados

Por Oeste Mais

05/10/2020 13h37 - Atualizado em 05/10/2020 13h37



Mais de 400 empregos diretos e indiretos e cerca de R$ 124 milhões em investimentos privados para Santa Catarina. Esses são os novos números do Programa de Desenvolvimento da Empresa Catarinense (Prodec) do Governo do Estado, que também demonstram a continuidade da retomada econômica catarinense. Os resultados foram apresentados pelo Conselho Deliberativo, coordenado pelo secretário do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDE), Rogério Siqueira.

 

Três empresas foram habilitadas para o Prodec e tiveram os projetos de ampliação ou implantação de pesquisa médica e produção de material aprovados. A iniciativa vai movimentar a economia e o desenvolvimento nas regiões dos municípios de Araquari, Campo Alegre e Tijucas.

 

O secretário da SDE, Rogério Siqueira, destaca que uma das metas do Governo de Santa Catarina, por meio da secretaria, é o fomento ao empreendedorismo, emprego e renda.

 

"Políticas de estado perenes geram oportunidades aos catarinenses. Oportunidades estas que fortalecem a espiral de prosperidade, esperança e confiança. Este é nosso propósito aqui na Secretaria. O Prodec é um exemplo de política sólida que atrai investidores e atua diretamente no crescimento do Estado", destaca Siqueira.

 

A diretora de Empreendedorismo e Competitividade da SDE, Aline Ghisi, explica que o Prodec dá oportunidade às empresas direcionarem parte do valor que pagariam em tributos estaduais para fomentar o crescimento.

 

“Com o Prodec, as empresas passam a usar esse recurso de maneira mais estratégica para suas expansões, resultando em geração de novos empregos”, detalha.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.