Sistema de produção limpa de alimentos da Epagri recebe prêmio da FGV

Projeto é reconhecido na área de inovação para inclusão da agricultura familiar

Por Oeste Mais

12/09/2019 11:15 - Atualizado em 12/09/2019 11:22



Chuchu cultivado em Sistema de Plantio Direto de Hortaliças (Foto: Marcelo Zanella/Epagri)

A Epagri (Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina) será premiada pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) nesta quinta-feira, dia 12, no Centro de Estudos em Sustentabilidade (FGVces), em São Paulo. O prêmio é um reconhecimento pelo desenvolvimento de um sistema de produção limpa de alimentos.

 

O Sistema de Plantio Direto de Hortaliças (SPDH) foi um dos 12 casos selecionados no Brasil na área de inovação para a inclusão da agricultura familiar em cadeias de alimentos.

 

A premiação será realizada por meio do projeto Bota na Mesa do Centro de Estudos em Sustentabilidade, da FGV. O caso da Epagri foi selecionado entre 80 projetos inscritos por instituições públicas e privadas de todo o país.

 

O objetivo da premiação é incentivar a construção de referências de atuação para empresas e governos em relação à cadeia produtiva de alimentos. Para selecionar as iniciativas, foi levado em consideração o grau de inovação, a conexão com os temas de transição agroecológica e mudança do clima, a contribuição para a inclusão da agricultura familiar e o potencial de escala e reprodução de cada iniciativa.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.