Música conta história do município de Passos Maia; assista ao clipe

Canção de cinco minutos tem letra e instrumental produzidos na própria cidade

Por Jhonatan Coppini

06/09/2019 14:59



“‘Passos Maia a Muitas Mãos’ nasceu da minha vontade de homenagear o município”, conta Sidinei Rodrigues de Souza (Sidi), autor da música que resume a origem e as características do município. Ao longo de cinco minutos, a canção fala dos colonizadores, aspectos econômicos, físicos, culturais e religiosos da terra emancipada em 12 de dezembro de 1991 — assista ao clipe mais abaixo.

 

Sidi lembra que começou a elaborar a letra em meados de 2018. Homônimo ao título da música, o livro “Passos Maia a Muitas Mãos” — lançado em 2016 pela professora Simone Leandra Tomazelli — serviu de base para a escrita. “Através da leitura e do interesse em conhecer mais sobre a história de Passos Maia, a letra foi ganhando forma e se transformando em música”, assinala o compositor, que é professor de música no Departamento Municipal de Cultura.

 

“A música é de minha autoria, mas para ficar pronta, foi preciso as mãos de muitas pessoas que colaboraram e muito com o trabalho”, reconhece ao agradecer cada envolvido no projeto.

 

No estilo guarânia, a canção foi toda produzida em Passos Maia e gravada no Studio Jean Lersch. “Agradeço a todos que contribuíram”, completa Sidi.

 

“É uma canção muito importante para nós porque conta a história do município, como se desenvolveu, como está hoje, a importância das famílias tradicionais que há muitos anos aqui vieram e também as famílias assentadas. Essa música conta a história e a realidade da nossa gente”, destaca o prefeito Leomar Listoni.

 

No formato de videoclipe, “Passos Maia a Muitas Mãos” está disponível no site do município e também nas redes sociais da Prefeitura de Passos Maia (Facebook e YouTube).

Ficha técnica

 

Letra e música: Sidinei Rodrigues de Souza

Arranjos: Jean Carlos Lersch

Vocais: Sidinei Rodrigues de Souza

Viola caipira:  Paulo Giovane Lopes

Teclado, Acordeon, Violão e programação: Jean Carlos Lersch

Gravado no Studio Jean Lersch.  Passos Maia SC

 

Veja a letra

 

Passos Maia, nossa gente, braços fortes pra lutar

Nossa história é a semente que esse povo fez brotar

Com bravura e esperança, deste chão se orgulhar

Das florestas, nossos rios, Passos Maia é o meu lugar.

 

No verde dos nossos campos iniciou o povoamento

A chegada do italiano aqui marca outro momento

A madeira e terras férteis, esse povo aqui se expande

No Vale Chapecozinho, por onde quer que eu ande.

 

Terra da boa erva-mate, berço nobre dos pinheirais

Liberdade e igualdade simbolizam ideais

Dos tropeiros que aqui passavam, não se esquece jamais

Do pequeno lajeado, bebedouro aos animais

 

Terra dos povos kaigangs, do caboclo e o paulistano

Depois dos paranaenses e do imigrante italiano

Abrindo carreiro no mato com foice facão e a cavalo

Progresso e muita conquista na força do seu trabalho.

 

Nossa terra quis aos poucos se tornar independente

E a vontade desse povo se tornava evidente

Com espirito de trabalho, de respeito e união

Dia 12 de dezembro, sua emancipação.

 

Passos Maia nossa gente, de instinto acolhedor

Chegaram os assentamentos e um povo batalhador

A conquista dessa terra trouxe mais dignidade

Há inúmeras famílias formando comunidade.

 

A aliança entre os povos e a paz no coração

O respeito à natureza, espelhados em seu brasão

Os lindos campos nativos se fundem no horizonte

Com o céu e suas nuvens escondido atrás dos montes.

 

A inteligência e a capacidade

Impulsionam o progresso, no campo e na cidade

Lavouras de grãos florindo, pecuária representada

Do vermelho, azul e branco, linda terra adorada.

 

Passos Maia da cultura, do turismo e das belezas

Do esporte e educação, construindo essa riqueza

Da fé e da religião, de um povo hospitaleiro

Homenagem merecida, Avenida João Botero.

 

Passos Maia de encantos, de harmonia e de amor

De um povo heroico e um manto irradiando com fulgor

Oeste catarinense, seu nome será lembrado

O futuro a ti pertence, oh povo abençoado!


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.