Homem de 48 anos morre após ser picado por aranha em Pato Branco

Veneno afetou as pernas da vítima e o funcionamento dos rins

Por Oeste Mais

07/11/2019 09h27 - Atualizado em 17/04/2020 14h39


Luciano Marquioro tinha 48 anos (Foto: Arquivo Pessoal)

Um homem de 48 anos morreu depois de ser picado por uma aranha enquanto estava em casa, no Bairro Vila Isabel em Pato Branco (PR).

 

Segundo relatos da família, Luciano Marquioro dormia quando foi picado pela aranha, de cor marrom, mas como ele não gostava de ir ao médico, o problema se agravou.

 

Inicialmente, ele suspeitou de uma virose, mas o veneno inchou a perna do homem e afetou o funcionamento dos rins. Segundo a família, Luciano não urinava por mais de três dias até que ele não aguentou as dores e procurou ajuda médica.

 

O homem ficou internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) em um hospital de Pato Branco, onde não resistiu e morreu nesta quarta-feira, dia 6.

 

Em casos de picadas de aranha, a orientação é sempre procurar ajuda médica o mais rápido possível, além de identificar a aranha para a melhor aplicação dos medicamentos necessários.

 

Filho e mãe de Luciano Marquioro dão detalhes sobre o caso:

Com informações do Catve

COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.