Governo catarinense e IBGE discutem a realização do Censo 2020 no estado

Aproximadamente 7,5 mil recenseadores atuarão em Santa Catarina no próximo ano

Por Oeste Mais

16/10/2019 10:36 - Atualizado em 16/10/2019 10:36



Estrutura do Estado está à disposição para o trabalho dos recenseadores (Foto: Ricardo Wolffenbüttel/Secom)

O governador Carlos Moisés e o chefe da unidade de Santa Catarina do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Roberto Gomes, discutiram na tarde desta terça-feira, dia 15, a possibilidade de parcerias para a realização do Censo 2020 no estado. Na ocasião, o governador foi convidado a ser o primeiro recenseado, como de costume, com a entrevista marcada para o dia três de agosto de 2020.

 

Carlos Moisés afirmou que a estrutura do Estado está à disposição para o trabalho dos recenseadores. Ele lembra ainda, da importância do Censo para as tomadas de decisões do governo, como o valor repassado às prefeituras por meio do Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

 

Aproximadamente 7,5 mil recenseadores atuarão em Santa Catarina no próximo ano para o levantamento, que é realizado a cada dez anos. As entrevistas com os cidadãos duram aproximadamente 15 minutos e são preferencialmente presenciais. A novidade para o próximo ano é que o IBGE disponibilizará um link para um formulário online, possibilitando a participação pela internet.

 

Roberto Gomes lembrou que haverá um prazo para o envio do formulário online. Caso ele não seja cumprido, o recenseador voltará à casa do cidadão.

 

O representante do IBGE informa ainda que os primeiros resultados do Censo 2020 serão liberados já no fim do próximo ano. Além da contagem populacional, o estudo analisa também aspectos socioeconômicos das famílias, tais como renda e escolaridade.

 

 Segundo a última estimativa do órgão, Santa Catarina conta com 7,1 milhões de habitantes. A partir das próximas semanas, o Instituto vai iniciar uma rodada de reuniões com os gestores municipais para a discussão de cada plano de trabalho.

 

Também participaram da audiência na Casa d’Agronômica o secretário de Estado da Educação, Natalino Uggioni, e o coordenador operacional do Censo 2020 em Santa Catarina, Fabiano Rodolfo.

 

“Os dados do Censo, bem como a importância do levantamento, podem ser trabalhados como conteúdo em sala de aula”, diz Uggioni.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.