Catarinense Bettina, a jovem que conquistou R$ 1 milhão, reaparece em vídeo pedindo desculpas

Em vídeo com claros objetivos publicitários, ela faz mea culpa pela forma como falou pela primeira vez ao público

Por Oeste Mais

02/10/2019 10:42 - Atualizado em 02/10/2019 10:42



A catarinense Bettina Rudolph voltou a protagonizar um vídeo pouco mais de seis meses depois de viralizar na internet com um anúncio em que dizia ter acumulado mais de R$ 1 milhão em três anos.

 

Mas agora a jovem de Blumenau gravou um pedido de desculpas. A produção ─ com claros objetivos publicitários ─ mostra a garota fazendo um mea culpa pela forma em que falou pela primeira vez ao público, em março deste ano.

 

O vídeo foi publicado no início da tarde desta terça-feira, dia 1º. Bettina diz que passou uma "mensagem equivocada" e alegou que "não era essa a intenção".

“Oi, meu nome é Bettina, tenho 22 anos, e quero te pedir desculpas. A nossa relação começou da maneira errada. Por culpa minha. Na verdade, por culpa nossa. Quando você me viu pela primeira vez naquele anúncio de menos de um minuto, eu não consegui mostrar pra você quem eu realmente era. Pelo contrário. Transmiti uma mensagem equivocada, que ou despertou ganância nas pessoas, ou passou um recado distorcido de que a minha evolução patrimonial aconteceu de maneira fácil, ou rápida. Não era essa a intenção, sinceramente. E principalmente: não é essa a verdade”, afirmou Bettina no vídeo de 1 minuto e 17 segundos intitulado como "Pedido público de desculpas" (assista acima).

 

A jovem trabalha na Empiricus (empresa especializada em publicação de conteúdo financeiro). Na época, ela chegou a ser notificada pelo Procon de São Paulo para esclarecer como havia multiplicado o patrimônio.

 

“Já fui professora, já fui modelo, já fiz brechó para vender roupas, já fui pesquisadora da Fecomércio, já fiz panfletagem. Mas sabe qual o problema? As pessoas que me agridem não querem a verdade. Não querem provas. Elas querem polêmica. Elas querem se sentir melhor por algo que não vão lutar para conquistar”, criticou Bettina, na época, em uma entrevista ao Jornal de Santa Catarina.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.