Casal que participou de mais de 50 festivais da canção relembra carreira

Monalisa Dalbertti e Ezequiel Nacimento são passosmaienses e cantam desde a infância

Por Kiane Berté

24/09/2019 13:26



Dupla se apresenta pela região cantando músicas sertanejas (Foto: Arquivo/Oeste Mais)

Quando se fala em música, o que vem à mente são instrumentos, voz, palco e letras diversas. Mas para o casal Monalisa Almeida Dalbertti e Ezequiel dos Santos Nascimento, a definição vai além disso.

 

Monalisa e Ezequiel são cantores desde a primeira década de vida, e com apenas sete anos de união, já colecionam mais de 50 festivais da canção por toda a região Oeste.

 

O casal ─ ela de 22 e ele de 30 anos ─ mora atualmente no Assentamento Che Guevara, localizado no interior de Passos Maia, junto com os dois filhos Ricardo Moisés Almeida Nacimento, de cinco anos, e Nicolas Gabriel Almeida Nacimento, de três.

 

As crianças também são incentivadas para o mundo da música, mas ainda não estão inseridas no meio. Porém, o filho mais novo, Gabriel, sonha em ser baterista. Ele já foi até matriculado em aulas de bateria.

Ezequiel e Monalisa (Foto: Arquivo pessoal)

Monalisa, muito antes de conhecer Ezequiel, já participava de festivais da canção. Ela ficou em primeiro lugar em aproximadamente 30 e foi finalista em vários eventos. A jovem também fazia shows com o irmão Mauricio. “A música é um trabalho pra nós, e além de ser uma terapia pra vida, ela dá prazer e se torna um sonho realizado”, diz Monalisa.

 

Assim como a esposa, Ezequiel cantava com o irmão. Leonel e Ezequiel formavam uma dupla que se apresentava em igrejas evangélicas, cantando música gospel.

 

Os passosmaienses hoje sobem aos palcos para cantar e alegrar o público com músicas sertanejas românticas que, segundo eles, é a cultura que está mais ligada e identificada com a realidade onde vivem.

 

Monalisa e Ezequiel dedicam boa parte do tempo para a música, mas além da principal fonte de renda da família, possuem um sítio, onde produzem pequenas quantidades de alimentos para o consumo, além de criarem animais.

Casal recebendo prêmio em um dos festivais (Foto: Arquivo pessoal)

O primeiro show do casal aconteceu em um barzinho, no Centro de Ponte Serrada, há alguns anos, e desde então eles perceberam o quanto queriam seguir na carreira musical.

 

Participando de mais de 50 festivais, os dois ficaram em primeiro lugar em mais de dez, mas a melhor apresentação da dupla ocorreu no Festival da Canção de Campo Erê, com a interpretação da música “Vaquejada de Peão”, de Vale e Valentin. “O público presente aplaudiu muito a nossa apresentação e a administração agradeceu muito a nossa presença e confirmou que fomos os melhores do restival”, relembram.

 

Ao levar a música como trabalho, o casal passosmaiense não deixa de aproveitar cada momento ao lado do público e se apaixonar cada vez mais pelas letras que escolhem para cantar.

 

“É muito gratificante e emocionante agradar com o trabalho, transmitir emoções e histórias através de canções, não tem preço”, comenta a dupla.






COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.