Ato de vandalismo é registrado pela segunda vez no Parque de Exposições em Ponte Serrada

Há pouco mais de dois meses, um espaço para equoterapia foi instalado no local

Por Oeste Mais

17/10/2019 18:17 - Atualizado em 17/10/2019 18:42



Vândalos danificaram rampa de acesso e porta (Foto: Divulgação)

Pela segunda vez em pouco mais de um mês, vândalos acabaram danificando o espaço onde acontece a equoterapia, em Ponte Serrada. O espaço fica no Parque de Exposições Prefeito Constanso Anselmo de Marco.

 

Segundo a secretária de Saúde, Adriana Pavelski, o primeiro ato de vandalismo ocorreu há quase 40 dias, sendo que a equoterapia está funcionando no município há pouco mais de dois meses. Após 20 dias de funcionamento, os vândalos entraram e depredaram o local.

 

Uma nova ação foi registrada nesta quinta-feira, dia 17, onde a porta e a rampa de acesso ao local foram danificadas. Os vândalos furtaram corrimões e também madeiras que seguravam a cerragem no espaço. Ainda segundo Adriana, na primeira vez o prejuízo foi total.

 

“Pedimos encarecidamente que se alguém perceber que tem algum vândalo por perto, que denuncie, porque quem precisa dessa terapia está indo porque precisa mesmo, são pacientes, são pessoas doentes que estão precisando dessa reabilitação”, pede Adriana.



Mais vandalismo 

 

Também em Ponte Serrada, há dois dias, o espaço Recanto Verde, construído aos fundos da Escola Dom Vital há uma semana, foi depredado por vândalos. Os danos foram percebidos na manhã da última terça-feira, dia 15. A unidade de ensino estava sem aula desde o fim de semana.

 

Um boletim de ocorrência sobre o caso foi registrado ainda na terça-feira na delegacia de Ponte Serrada. Imagens de câmeras de segurança da escola e de vizinhos também devem ser verificadas para a identificação dos responsáveis.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.