Apaixonado por astronomia, casal de Vargeão fotografa o céu da janela de casa

Dyemis e Daiana utilizam um telescópio e uma câmera para registrar a lua, as estrelas, e tudo o que conseguem ver lá em cima

Por Kiane Berté

02/12/2019 15:10 - Atualizado em 02/12/2019 15:17



Lua fotografada por Dyemis (Foto: Arquivo pessoal)

Quando é que a gente para pra olhar o céu? Talvez, quando a Lua está bonita, ou quando o tempo começa a mudar. E as estrelas, então? Sempre tem alguém que fala para uma criança que aquela pequena luz representa um ente querido.

 

Fora isso, não passamos muito tempo preocupados em admirar o que tem lá em cima, no meio de toda aquela escuridão, a não ser nos dias em que a Lua está grande e que queremos registrar o momento.

 

Mesmo levantando o celular e dando aquele zoom, mal conseguimos capturar a luz que a Lua forma. Muitas vezes, nem mesmo com uma câmera fotográfica.

 

Mesmo assim, sempre estamos registrando ou tentando registrar alguma coisa diferente que aparece no céu. Este também é o caso do casal de Vargeão que adora dar uma espiadinha pela janela, mas de um jeito diferente.

Dyemis e Daiana com os equipamentos importantes (Foto: Arquivo pessoal)

Quando a vontade de olhar para o céu bate, Dyemis Angonese, de 33 anos, e Daiana dos Santos, de 22, só abrem a janela de casa e observam atentamente tudo o que acontece lá em cima.

 

Dyemis sempre foi apaixonado por astronomia e sempre teve curiosidade pelo céu. Devido a isso, há 13 anos, ele comprou o primeiro telescópio. “Quando era criança via documentários sobre astronomia, eu trocava os desenhos pelos documentários principalmente sobre esse tema”, relata.

 

Dyemis conta que quando era pequeno, passava boa parte do tempo olhando para o céu, em um sítio onde morava com os pais, na época. “Eu ficava olhando pra cima tentando achar as constelações que eu via nos documentários da TV”, relembra ele, que passou a ensinar a namorada a gostar do assunto.

 

Quando o telescópio está posicionado na janela aberta, o que ele mais gosta de ver é a Lua, Saturno e a Nebulosa de Orion.

Imagem fotografada por Dyemis (Foto: Arquivo pessoal)

Quando questionado sobre o que mais gosta no mundo da astronomia, ele respondeu: “A grandeza do universo e a "fragilidade" que temos perante o que a gente acha que sabe e o que a gente definitivamente não sabe, é, o ser humano tem mania de querer saber tudo e ter razão naquilo que na verdade não sabe (ainda”, ele ri. “Temos medo de tudo o que não conhecemos e as vezes desacreditamos não por dúvida e sim por medo”.

 

Depois de conhecer a Daiana, Dyemis apresentou os equipamentos importantes para ela. Daiana passou a observar tudo o que ele fazia e conta que ele mexia como ou ‘doido’ na câmera e no telescópio.

 

“Ele nunca parava, todo dia tinha que mexer nos telescópios ou na câmera para fotografar os astros, fui pegando gosto também, como sempre gostei de fotografia e acabei também participando disso, o que mais gosto é fotografar a lua”, conta a namorada de Dyemis.

 

O casal sempre está em busca de conhecimento sobre o assunto. Sempre quando alguma coisa nova surge, ambos estão lendo e se informando. Conforme Dyemis, um avisa o outro quando surgem as novidades.

 

“Já estudamos mais a parte física, temporal e espacial, livros, revistas, mas acaba que quanto mais a gente estuda, menos a gente sabe e mais dúvidas surgem, como isso não é profissão o que estudamos é o que presenciamos durante as observações”, diz.

 

“Ler sobre o tema faz bem, mas observar e fotografar isso tudo é muito melhor”, finaliza o casal.

 

 


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.