Adolescente apaixonada por rodeios coleciona mais de 100 troféus em competições

Jovem Bruna Paglia participa das competições de rodeio desde os 12 anos de idade

Por Kiane Berté

20/09/2019 09:08 - Atualizado em 20/09/2019 11:01



Bruna, de apenas 16 anos, é apaixonada por cavalos desde muito nova (Foto: Arquivo pessoal)

Quem pensava que selas, ferraduras e cavalos fossem coisas de homem, estava completamente enganado. A paixão pelo cavalo está a cada dia dominando a cabeça também das mulheres, seja pelos adereços charmosos, pela curiosidade ou pelo esporte que se tornou muito popular.

 

Esse é o caso de Bruna Luiza Paglia, uma jovem de apenas 16 anos, que desde os dez tem uma relação muito grande com esses animais. Bruna mora no interior de Ponte Serrada com a família, que tem cinco cavalos: Hércules, Inajá, Índia, Gaia e Lorenzo.

 

Ela foi incentivada pelos pais desde muito cedo a gostar de cavalos. A jovem conta que quando era pequena, o pai Edegar Paglia a levava para dar voltinhas, e essa brincadeira de passear a cavalo acabou se tornando uma paixão.

 

A adolescente iniciou no mundo dos rodeios com apenas dez anos, quando frequentava com a família para poder assistir e se divertir com os animais por quem é apaixonada. Dois anos após, as visitas aos rodeios se tornaram mais sérias. A partir dos 12 anos, ela finalmente começou a participar.

Adolescente com sua égua e companheira, a Índia (Foto: Arquivo pessoal)

Nos dias de hoje, Bruna coleciona mais de 100 troféus que ganhou nas competições de rodeios, além de uma boa quantia em dinheiro, que ganhou devido às boas colocações no esporte.

 

Como hoje em dia muitas mulheres estão participando de rodeios, a competição vem ficando cada vez mais acirrada. Bruna acredita que o incentivo faz toda a diferença.

 

“A mulher no rodeio vem aumentando mais e mais, e os incentivadores estão criando modalidades maiores e melhores para as mulheres participarem. O nível de prêmio é alto, e na modalidade masculina também elas vêm ganhando forma, se abrilhantando cada vez mais, pois estão competindo de igual para igual o tempo todo”, diz a jovem.

 

Ela ainda estuda e, devido a isso, precisa dividir o tempo que tem livre com os estudos e amigos de quatro patas. “Quando sobra uma folguinha eu consigo andar a cavalo, já que os estudos tomam muito o tempo”.

Alguns troféus conquistados por Bruna nas competições (Foto: Arquivo pessoal)

Bruna é companheira de Índia, sua égua de estimação. É com ela que a jovem participa dos rodeios e com quem passa a maior parte do tempo disponível.

 

“Ela é muito fofa e a minha relação com ela é muito boa. É como se fosse uma pessoa, ela me entende, quando o meu temperamento tá ruim ou tá bom, o dela ta igual, a gente é muito parecida em questão de sentimentos”, comenta.

 

A primeira participação de Bruna no rodeio foi no Campeonato Intermunicipal, entre os municípios de Vargeão, Ponte Serrada e Passos Maia. Foi quando conseguiu o primeiro troféu, ficando em segundo lugar no laço prenda.

 

Além dessa competição, Bruna participou de inúmeras outras até hoje, conseguindo colocações boas e bons prêmios em dinheiro. A jovem afirma que todos os rodeios em que já participou foram importantes e emocionantes para ela.

 

"A época que mais me marcou foi quando eu entrei em uma competição em Jaborá. Eu dei 30 voltas na modalidade masculina. No outro final de semana, no rodeio de Faxinal dos Guedes, eu ganhei nesse mesmo duelo , R$ 7 mil, com os homens, dando 18 voltas. No outro fim de semana, esse mesmo duelo, dando 20 voltas, ganhei com os homens também, isso foi o que mais me marcou", relembra.






COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.