Presidente sanciona projeto que fixa piso salarial para enfermeiros, técnicos e parteiras

Conforme texto, valores serão atualizados anualmente com base na inflação

Por Redação Oeste Mais

04/08/2022 20h11 - Atualizado em 04/08/2022 20h11



O presidente Jair Bolsonaro sancionou nesta quinta-feira, dia 4, a lei que fixa pisos salariais para enfermeiros, técnicos de enfermagem, auxiliares e parteiras em todo o país.

 

O texto do projeto, aprovado pela Câmara e pelo Senado, fixou em R$ 4.750 o piso nacional de enfermeiros, valor que serve de referência para o cálculo do mínimo salarial de técnicos de enfermagem (70%), auxiliares de enfermagem (50%) e parteiras (50%).

 

Assim, cada categoria deverá ter o piso salarial atualizado conforme valores abaixo:

 

• Enfermeiros: R$ 4.750

• Técnicos de enfermagem: R$ 3.325

• Auxiliares de enfermagem: R$ 2.375

• Parteiras: R$ 2.375

 

O projeto foi sancionado por Bolsonaro após deputados e senadores aprovarem uma emenda à Constituição que viabilizou a criação e o pagamento dos pisos para as quatro categorias.

 

O texto aprovado pelo Congresso determina que os pisos serão atualizados anualmente com base na inflação calculada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.