Motorista de caminhão-tanque que morreu após grave acidente na BR-282 é identificado

Vítima de 40 anos conduzia veículo carregado com óleo diesel e gasolina quando colidiu frontalmente com carreta

Por Redação Oeste Mais

21/06/2022 22h04 - Atualizado em 21/06/2022 23h45



Motorista de 40 anos conduzia o caminhão-tanque, que transportava óleo diesel e gasolina (Foto: Divulgação)

O motorista do caminhão-tanque, que morreu após um grave acidente na manhã desta terça-feira, dia 21, na BR-282, foi identificado como Clauvir Stedile, de 40 anos.

 
Clauvir conduzia o veículo que transportava óleo diesel e gasolina. O caminhão, com placas de Chapecó, acabou caindo em uma ribanceira nas margens da pista e pegou fogo após a colisão.

 

O motorista do outro veículo envolvido, uma carreta Scania/R 440, com placas de Concórdia, foi projetado para fora da cabine. Ele foi identificado como Paulo Antônio Moresco, de 54 anos, e também morreu no local do acidente.

 

A colisão foi registrada por volta das 8h30, no km 455 da rodovia, em um trecho entre Ponte Serrada e o trevão de Irani.

 

As causas do acidente ainda deverão ser confirmadas pela Polícia Rodoviária Federal, mas populares apontam que um dos veículos teria desviado de um buraco na pista, ocasionando a colisão.

Caminhão-tanque pegou fogo após acidente (Foto: PRF)

Dano ambiental

 

A Defesa Civil está avaliando os danos ambientais causados pelo vazamento de combustível do caminhão-tanque envolvido no acidente.

 

De acordo com o coordenador regional da Defesa Civil, Luciano Peri, o óleo diesel que era transportado pelo caminhão acabou atingindo um córrego d’água. O órgão ainda avalia se o produto chegou ao Rio Irani.



Colisão aconteceu na manhã desta terça, em Ponte Serrada (Fotos: Defesa Civil)

COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.