Jornalista David Coimbra morre aos 60 anos

Comunicador estava internado desde domingo para tratar um câncer no rim, descoberto em 2013

Por Redação Oeste Mais

27/05/2022 11h16



David Coimbra, em foto na redação de Zero Hora (Foto: Félix Zucco/Agência RBS)

O jornalista David Coimbra morreu nesta sexta-feira, dia 27, aos 60 anos, em Porto Alegre (RS). Ele estava internado desde domingo, dia 22, no Hospital Moinhos de Vento, para tratar um câncer no rim descoberto em 2013. David deixa a esposa Márcia e o filho Bernardo, de 13 anos.

 

Nascido em Porto Alegre, em 1962, David cresceu no bairro Iapi. Desde 2013 ele transitava entre Boston, nos Estados Unidos, e o Brasil, para realizar tratamento experimental contra a doença.

 

O câncer foi tema do último livro de David Coimbra, "Hoje eu venci o câncer", lançado em 2018, onde o jornalista relata como descobriu e quais métodos o ajudaram no tratamento.

 

Atualmente, David Coimbra escrevia uma coluna diária no jornal Zero Hora e participava dos programas Timeline e Sala de Redação, na Rádio Gaúcha.

 

O jornalista era formado pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). Além de jornalista, foi autor dos romances "Canibais - paixão e morte na Rua do Arvoredo" (2004) e "Jô na estrada" (2010), além dos livros de ensaios históricos "Jogo de damas" (2007) e "Uma história do mundo" (2012), das coletâneas de crônicas "Mulheres!" (2005) e "Um trem para a Suíça" (2011), entre outros.

Com informações do g1


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.