Corpo de trabalhador que morreu soterrado é retirado de obra em Xanxerê

Resgate durou quase cinco horas e mobilizou 19 bombeiros

Por Redação Oeste Mais

11/05/2022 21h54 - Atualizado em 12/05/2022 07h33



Acidente de trabalho aconteceu na tarde desta quarta-feira (Foto: Corpo de Bombeiros)

O corpo do trabalhador que morreu soterrado após um pilar desabar na tarde desta quarta-feira, dia 11, em uma obra no bairro Aparecida, em Xanxerê, foi retirado da vala após quase 5 horas de trabalho do Corpo de Bombeiros.

 

Segundo informações extraoficiais da rádio Princesa, o homem foi identificado como Evandro de Lima Triem, de 22 anos.

 

De acordo com o responsável pela operação, tenente Gomes, do Corpo de Bombeiros de Xanxerê, o corpo estava a cerca de 3 metros de profundidade e no local havia grande quantidade de lama e água, o que dificultou ainda mais o resgate.

 

Além disso, devido a um lençol freático estar acima do nível do trabalhador, a equipe precisou do auxílio de duas retroescavadeiras. Por volta das 20 horas, grandes quantidades de água foram jogadas através de mangueiras, na tentativa de desmanchar o concreto.

 

O acidente, que ocorreu por volta das 17 horas, mobilizou 19 bombeiros, entre militares e comunitários. Somente por volta das 21h15 o corpo foi içado por uma retroescavadeira e retirado do local.

 

O Instituto Médico Legal (IML) e a Polícia Científica (antigo IGP) também estiveram  no local e ficaram responsáveis pelo corpo. As causas do acidente devem ser apuradas pelas autoridades policiais.

Bombeiros utilizaram mangueiras para jogar água e desmanchar o concreto (Foto: Corpo de Bombeiros)

COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.