Fundador da rede Lojas Colombo morre aos 90 anos

Adelino Colombo, que fundou empresa há mais de seis décadas, deixa esposa, filhos, netos e bisnetos

Por Redação Oeste Mais

15/10/2021 15h16 - Atualizado em 15/10/2021 15h29



Adelino Colombo tinha 90 anos de idade (Foto: Divulgação)

O empresário Adelino Colombo, fundador da rede Lojas Colombo, morreu nesta sexta-feira, dia 15, aos 90 anos de idade. Ele estava internado no Hospital São Francisco, no complexo da Santa Casa, em Porto Alegre (RS). De acordo com a rede Colombo, a morte foi provocada por “causas naturais”, com falência múltipla de órgãos. Adelino deixa a esposa, Ruth Colombo, quatro filhos, dez netos e dois bisnetos.

 

Nascido em Nova Milano, distrito de Farroupilha (RS), em 1930, o empresário fundou a Lojas Colombo há 61 anos, na cidade de Farroupilha. A empresa é a maior rede de eletromóveis do Sul e a 10ª do país, com 305 lojas e mais de 4 mil funcionários. “Seu Adelino, como era carinhosamente chamado, trabalhou até seus últimos dias, comparecendo a compromissos, como presidente do Conselho Administrativo da empresa”, diz trecho de uma nota oficial publicada pela Colombo.

 

O Grupo Colombo é composto pelas lojas de eletromóveis e pelas empresas Crediare; ColomboCred, especializada em empréstimos; Colombo Motors; Colombo Consórcios; Colombo Casa Pet; Feirão de Móveis; e a Colombo Tech, desenvolvedora de soluções de software para varejo em nível nacional.

 

O corpo do empresário é velado no município de Farroupilha. O sepultamento está marcado para as 11 horas da manhã deste sábado, dia 16, no Cemitério Público Municipal de Farroupilha. Em luto, todas as 305 filiais da Lojas Colombo foram fechadas na tarde desta sexta-feira, sendo reabertas no sábado.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.