Motorista é impedido de usar bandeira do Brasil em caminhão? Entenda a história

Tirol e Cooperoeste emitiram notas oficiais para esclarecer situação em que tiveram nomes envolvidos

Por Redação Oeste Mais

06/09/2021 14h52 - Atualizado em 06/09/2021 14h52



É falsa a publicação que circula nas redes sociais indicando que a empresa Tirol e a Cooperoeste (Cooperativa Regional de Comercialização do Extremo Oeste) teriam proibido a utilização da bandeira do Brasil em caminhões que transportam produtos ligados às marcas.

 

Ambas emitiram notas oficiais (confira as notas na íntegra mais abaixo) para esclarecer o assunto, que ganhou repercussão após o áudio de um motorista viralizar nas redes sociais (ouça mais abaixo).

 

Na realidade, segundo a própria Cooperoeste, um motorista realmente foi impedido de usar a bandeira do Brasil em seu veículo, mas se trata de uma empresa terceirizada, sem relação direta com a cooperativa.

 

“O ocorrido se trata de uma ação externa à Cooperativa, a qual envolveu um transportador terceirizado e seu motorista, não cabendo a esta Cooperativa a responsabilidade pelo fato”, diz um trecho da nota. O caso teria ocorrido com um homem que dirige um caminhão que presta serviço de transporte de leite para a Cooperoeste Terra Viva.

 

Já a Tirol sequer tem relação com o que aconteceu. “Não é de seu conhecimento nenhuma proibição quanto ao uso de símbolos nacionais. O fato não condiz com as orientações da direção da empresa, que inclusive os utiliza em sua sede matriz”, aponta um trecho da nota emitida pela Tirol. A empresa inclusive atualizou na tarde desta segunda-feira, dia 6, a foto de capa de sua página oficial no Facebook com a bandeira do Brasil (veja abaixo).

 

Áudio que circula nas redes sociais:

Capa de página oficial do Facebook da Tirol (Foto: Reprodução)

A bandeira do Brasil acabou se tornando símbolo das manifestações a favor do presidente Jair Bolsonaro. Nesta terça-feira, dia 7, data em que o Brasil comemora o aniversário da Independência, estão previstas manifestações em todo o território nacional, contra e a favor do presidente, que adotou as cores verde e amarelo ainda durante a campanha. Junto com a bandeira do país, o lema "Brasil acima de tudo, Deus acima de todos”, é compartilhado pelos apoiadores de Bolsonaro.

 

Íntegra das notas da Cooperoeste e Tirol:






COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.