Fábrica da Rafitec é consumida por incêndio em Xaxim

Bombeiros foram acionados para atender a ocorrência nesta tarde

Por Oeste Mais

02/09/2021 16h08 - Atualizado em 02/09/2021 17h10



Fábrica pegou fogo nesta quinta-feira (Foto: Leitor Oeste Mais)

A fábrica da Rafitec, que fica localizada às margens da BR-282, no município de Xaxim, pegou fogo na tarde desta quinta-feira, dia 2. As chamas tomaram conta de um grande barracão da unidade.

 

Segundo informações de populares, o fogo teria iniciado em um setor da empresa, em uma máquina, tomando grandes proporções logo em seguida. Uma fumaça preta toma conta do céu e pode ser vista a quilômetros de distância.

 

O Corpo de Bombeiros foi acionado para atender a ocorrência. Além da corporação de Xaxim, outras três viaturas dos bombeiros de Chapecó se deslocaram até a empresa. Bombeiros de outros municípios da região também foram mobilizados.

 

Vítimas e risco de explosão

 

Até o momento, os bombeiros informaram que duas vítimas foram socorridas no local, com queimaduras, mas seriam de grau leve. De acordo com o Corpo de Bombeiros de Chapecó, há o risco elevado de uma explosão. A fumaça também é tóxica. “Favor aos colegas da imprensa informem a todos nas proximidades para se afastarem, inclusive os profissionais da imprensa”, disse a corporação em uma rede social.

Um dos barracões do local foi atingido pelo fogo (Foto: Divulgação/Clic Xaxim)

A empresa

 

A Rafitec Propex é especializada na produção de embalagens de polipropileno. A empresa foi fundada em 1995. Depois da compra da Propex, a fábrica se tornou a maior fabricante de bolsas de ráfia da América do Sul, com unidades em vários municípios.

 

Sócio fundador morreu no final de agosto

 

O empresário Eloy Luiz Vaccaro, sócio fundador da empresa, morreu no final de agosto aos 83 anos. O falecimento ocorreu na madrugada do dia 27, nos Estados Unidos. Ele estava internado no hospital da cidade de Celebration, em Orlando, na Flórida.

 

Conhecido como Luizinho Vaccaro, o empresário tinha 83 anos e também era sócio fundador da empresa Açaí Amazonas. Ele era pai de cinco filhos, tinha seis netos e dois bisnetos.

 

Esta notícia está em atualização.

Incêndio de grandes proporções no local (Foto: Reprodução/Canal Ideal)

COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.