Força-tarefa serve 110 refeições e Casa de Passagem recebe mais de 40 pessoas em Chapecó

Somente na noite passada 42 pessoas foram abrigadas no local

Por Redação Oeste Mais

29/07/2021 15h00 - Atualizado em 29/07/2021 15h00



A Força-Tarefa de Enfrentamento às Baixas Temperaturas, formada pela Defesa Civil, Secretaria de Assistência Social, Bombeiros, Polícia Militar, Guarda Municipal de Chapecó e Cruz Vermelha, serviu 110 refeições na noite de quarta para quinta-feira, dia 29. 

 

Um sopão foi confeccionado por voluntários da Cruz Vermelha e foi servido para os indígenas que estão acampados num terreno particular da Avenida Getúlio Vargas e também para pessoas que estão abrigadas na Casa de Passagem. Somente na noite passada 42 pessoas foram abrigadas no local.

 

A Força-Tarefa realizou rondas pela cidade e auxiliou 16 pessoas com transporte. O coordenador da Defesa Civil, Luciano Hüning, disse que as ações prosseguem nesta quinta-feira.

 

Ele afirmou que, além de estar bem agasalhado, é necessário boa alimentação para que o corpo possa produzir calor. Outro alerta é para tomar cuidado com aquecedores, fogão a lenha ou gás, pois já ocorreram quatro incêndios em residências em apenas dois dias.



Recomendações

 

Para os que saem à caça das baixas temperaturas, a Santur recomenda que os turistas só se desloquem para as regiões mais frias, como a Serra catarinense, com a garantia de hospedagem.

 

O Corpo de Bombeiros orienta que não sejam utilizadas, no interior das casas, churrasqueiras ou latas com fogo que podem provocar incêndios ou intoxicação por monóxido de carbono.

 

“Uma de nossas preocupações se refere aos locais turísticos e também aos turistas mal preparados que podem correr o risco de hipotermia. Estamos mobilizando efetivo para dar apoio”, informa o subcomandante do CBMSC, Ricardo José Steil.

 

Com as baixas temperaturas, existe o risco de congelamento de rodovias. A Polícia Militar Rodoviária (PMRV) está reforçando o efetivo e colocando em prática a Operação Gelo na Pista, além de pontos de apoio nas barreiras que serão instaladas nos postos policiais, caso ocorra a necessidade de fechamento de rodovias.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.