Após 8 anos, morador de Ponte Serrada agradece policial que lhe prestou socorro

Cabo Curtarelli prestou atendimento a Djianinih após ele passar mal na rua

Por Oeste Mais

22/07/2021 14h46 - Atualizado em 22/07/2021 15h26



Djianinih visitou o Pelotão de Patrulhamento Tático nesta quarta-feira, dia 21 (Fotos: Polícia Militar)

O morador de Ponte Serrada Djianinih Mileski, de 31 anos, visitou o Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT), de Xanxerê, na tarde desta quarta-feira, dia 21, com o intuito de agradecer e comemorar seu aniversário junto com os policiais que o auxiliaram em um momento difícil de saúde.

 

Segundo Mileski, que no ano de 2011 sofreu um infarto dentro de um ônibus em Xanxerê, em 2013, próximo a uma clínica, no centro, começou a passar mal, com pressão alta, e quase sem poder caminhar, avistou uma viatura da polícia. Ele pediu ajuda. Os policiais eram do PPT e imediatamente pararam e auxiliaram o homem, levando-o até o hospital, onde o cabo Curtarelli foi o primeiro a prestar socorro.

 

“Graças a ele e toda a equipe que foram ágeis, foi evitado de eu ter um novo infarto e 8 anos depois venho aqui agradecer de coração pela ajuda de toda a equipe”, relatou Djianinih.

 

Nesta quinta-feira, dia 22 de julho, o morador de Ponte Serrada completa 31 anos de idade.






COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.